Premiê lituano exige provas concretas do envolvimento da Rússia no caso Skripal

© AFP 2022 / Petras MalukasO novo primeiro-ministro lituano, Saulius Skvernelis, fala durante uma sessão do Seimas da República da Lituânia, em Vilnius, a 13 de dezembro de 2016.
O novo primeiro-ministro lituano, Saulius Skvernelis, fala durante uma sessão do Seimas da República da Lituânia, em Vilnius, a 13 de dezembro de 2016. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro da Lituânia, Saulius Skvernelis, pediu ao governo britânico que forneça provas convincentes do envolvimento da Rússia no ataque do agente nervoso ao ex-oficial russo Sergei Skripal e sua filha Yulia, dizendo que a avaliação atual não é convincente.

Theresa May, atual primeira-ministra do Reino Unido, se dirige ao Forum Conservador de Primavera no Centro de Londres, em 2016. - Sputnik Brasil
'Mistério': Reino Unido ainda não respondeu sobre antídoto utilizado no caso Skripal
Em entrevista à uma emissora de rádio lituana, o premiê Ziniu Radijas disse que o envolvimento da Rússia no caso de envenenamento de Skripal não foi provado com 100% de certeza e pediu ao Reino Unido que finalmente forneça provas concretas.

"Acho que tanto os especialistas britânicos quanto os internacionais devem nos dar uma resposta clara e traçar uma linha sobre o caso, porque neste momento é altamente provável que a Rússia tenha suas mãos no caso — mas uma possibilidade não é uma prova de 100% do fato", disse Skvernelis na quinta-feira.

"Espero que os especialistas que investigam isso possam fornecer evidências concretas", concluiu o líder lituano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала