Turquia afirma que os sistemas russos S-400 não ameaçam a OTAN

© Sputnik / Sergei Malgavko / Abrir o banco de imagensRegimento S-400 começa a operar na Crimeia
Regimento S-400 começa a operar na Crimeia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro da Defesa da Turquia, Nurettin Janikli, declarou nesta segunda-feira (27) que os sistemas de mísseis russos S-400 fornecidos a Ancara por Moscou não representam uma ameaça para a OTAN.

A assinatura do contrato foi criticada pelos EUA, que afirmaram que a melhor opção para a Turquia seria um sistema de defesa antimíssil compatível com as armas da OTAN. 

Sistema de mísseis anitaéreo S-400 (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Analista militar: para Turquia era importante comprar especificamente S-400
De acordo com o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, a Turquia decidiu adquirir os sistemas russos de defesa aérea S-400 após falhar em obter sistemas similares dos estados-membros da OTAN.

Em 12 de setembro, Moscou e Ancara celebraram um acordo sobre a venda de sistemas S-400 à Turquia. Em 29 de setembro, o assessor presidencial russo, Vladimir Kozhin, confirmou que a Turquia havia realizado um pagamento inicial, acrescentando que a entrega dos sistemas está prevista para 2019. As negociações entre a Rússia e a Turquia sobre a venda de sistemas S-400 tiveram início no ano passado.

O S-400 Triumf é um sistema terra-ar móvel de última geração, equipado com três tipos diferentes de mísseis, capazes de destruir alvos aéreos a curto, médio e longo alcance.

Além da Turquia, a Arábia Saudita também concordou com o fornecimento de sistemas de mísseis antiaéreos em meados de outubro com a Rússia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала