Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Reino Unido envia caças Typhoon à Romênia devido à 'crescente autoconfiança' da Rússia

© AP Photo / Donato FasanoCaça Typhoon da Força Aérea britânica (foto de arquivo)
Caça Typhoon da Força Aérea britânica (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga no
Deslocamento de aviões britânicos é só uma parte das medidas de segurança que apresentou o novo ministro da Defesa do Reino Unido aos seus homólogos da OTAN.

Devido à "crescente autoconfiança" da Rússia, Reino Unido enviará quatro caças Typhoon à Romênia para patrulhar o território sobre o mar Negro, anunciou na quarta-feira (8) o novo ministro da Defesa britânico, Gavin Williamson.

"Considerando o fato que a Rússia tem cada vez mais autoconfiança, o Reino Unido intensificou visivelmente seus esforços para garantir a segurança da Europa", declarou o político durante a reunião dos ministros da Defesa da OTAN em Bruxelas.

O navio de guerra britânico HMS Westminster ancorado em Gibraltar, 19 de agosto de 2013 - Sputnik Brasil
General dos EUA: se Reino Unido seguir com cortes militares, ficará indefeso
Ao entrar em serviço, o novo ministro britânico imediatamente propôs introduzir "novo pacote de medidas para demonstrar que o Reino Unido continua desempenhando papel crucial para garantir a segurança na Europa".

Segundo indicou Williamson, os quatro caças serão deslocados para a Romênia no próximo verão.

Além disso, o ministro britânico explicou que o pacote de medidas para apoiar os aliados do Reino Unido, inclui a continuação da operação de manutenção da paz na região de Kosovo (Sérvia) e o regresso do navio de ataque anfíbio HMS Ocean, ao grupo permanente da OTAN.

Ao mesmo tempo, a partir do próximo ano, o Reino Unido formará nova unidade especial de resposta rápida nos Balcãs ocidentais. "Isso significa que 600 soldados estarão prontos para ir rapidamente à região", explicou o ministro britânico.

Gavin Williamson substituiu Michael Fallon, que renunciou na semana passada devido à antiga polêmica de assédio.

O Reino Unido se retirará da União Europeia em março de 2019. Não obstante, Londres insiste que essa decisão não influenciará sua participação na Aliança Atlântica e sua contribuição na segurança da Europa.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала