Rússia e China ameaçam liderança dos EUA no espaço, diz vice-presidente norte-americano

© NASA . Estação Espacial InternacionalImagem da umbra, a sombra da Lua, sobre o território dos Estados Unidos, em uma visão do espaço
Imagem da umbra, a sombra da Lua, sobre o território dos Estados Unidos, em uma visão do espaço - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Vice-presidente norte-americano, Mike Pence, acredita que a Rússia e China são ameaça à liderança dos EUA na exploração espacial.

"Os Estados Unidos pagam para Rússia mais de 76 milhões de dólares (cerca de 228 milhões de reais) pelo transporte de cada astronauta norte-americano para Estação Espacial Internacional, porque não temos veículo capaz de realizar esta função. As forças especiais dizem que a Rússia e a China estão elaborando um grande leque de tecnologias antissatélite que representam ameaça à efetividade do nosso exército. São apenas dois exemplos do abandono da liderança dos EUA no espaço", escreve Mike Pence em artigo para Wall Street Jornal.

Inauguração dos exercícios táticos conjuntos das forças especiais da Guarda Nacional russa e da Polícia Armada Popular chinesa “Cooperação-2016” - Sputnik Brasil
Mídia: Rússia e China matam Nova Ordem Mundial dos EUA
O artigo coincide com a primeira reunião do Conselho Espacial norte-americano, cujo presidente será Mike Pence e tem o título Os EUA vão voltar à Lua e vai se mover para frente.

Em seu artigo, o vice-presidente pede ações que impossibilitariam o atraso de Washington em comparação com os concorrentes nas elaborações espaciais. Para realizar tal tarefa, o Conselho deverá restaurar trabalhos que foram suspendidos por 25 anos. Pence conta que o órgão vá ajudar a política dos EUA a atingir mais harmonia e coerência na esfera espacial.

Pence também falou sobre o programa dos EUA na exploração do espaço. Ele prevê o lançamento de astronautas para fora da órbita terrestre, primeiramente para a Lua, e depois para Marte, tal como a organização de voos comerciais para a órbita terrestre. Além disso, planeja-se aperfeiçoar as tecnologias de defesa para enfrentar ciberataques.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала