O último teste nuclear da Coreia do Norte foi avaliado em 250 quilotons

© REUTERS / Kim Hong-JiTV sul-coreana noticia teste de bomba de hidrogênio da Coreia do Norte. Seul, 6 de janeiro de 2016
TV sul-coreana noticia teste de bomba de hidrogênio da Coreia do Norte. Seul, 6 de janeiro de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A potência da bomba de hidrogênio, recentemente testada por Pyongyang, está sendo avaliada em 250 quilotons, segundo o portal sul-coreano e norte-americano 38 North, especializado na Coreia do Norte.

Participantes dos festejos comemorando os 105 anos de nascimento de Kim Jong-il são vistos com bandeiras na praça principal em Pyongyang - Sputnik Brasil
Coreia do Norte não reconhece novas sanções da ONU: 'estamos no caminho certo'
Segundo o portal, durante o primeiro comunicado do 38 North sobre o sexto teste nuclear da Coreia do Norte, as avaliações preliminares da magnitude sísmica variavam entre 5,8 e 6,3. Mais tarde, a Organização do Tratado de Proibição Total de Testes Nucleares (CTBTO) divulgou uma revisão oficial da magnitude sísmica, fixando o valor em 6,1.

"Essa revisão é considerável pois, em vez da potência equivalente de 120 quilotons, obtida em resultado de uma avaliação mais baixa da magnitude, o uso da fórmula padrão com as constantes correspondentes demonstra que a potência agora pode ser avaliada em cerca de 250 quilotons", escreve o portal.

No dia 3 de setembro, as autoridades da Coreia do Norte declararam sobre um bem-sucedido teste de uma bomba de hidrogênio. Os militares do Japão e da Coreia do Norte avaliaram a potência da explosão em 120-160 quilotons, o que é algumas vezes superior à potência das bombas atiradas pelos EUA contra Hiroshima e Nagasaki em 1945. Este foi o sexto teste nuclear de Pyongyang.

Militares são vistos em cima de um blindado durante festejos do 105 aniversário de Kim Il-sung - Sputnik Brasil
Opinião: ameaças da Coreia do Norte aos EUA às vezes parecem poesia
Na semana anterior, Coreia do Norte testou um míssil balístico, que sobrevoou o território do Japão.

Neste domingo, o CS da ONU aprovou, por unanimidades, novas sanções contra a Coreia do Norte, que limitarão de modo significativo as importações e as exportações de Pyongyang. A resolução 2375 estabeleceu o regime mais rigoroso de sanções da ONU no século XXI.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала