- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

PGR denuncia Lula e Dilma pela segunda vez em 24 horas

© Roberto Stuckert Filho / Fotos PúblicasPresidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de posse do novo Ministros da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva
Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de posse do novo Ministros da Casa Civil, Luiz Inácio Lula da Silva - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, denunciou Lula, Dilma Rousseff e o ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante por obstrução de justiça nesta quarta-feira (6).

Ex-Presidente Lula entre militantes do PT - Sputnik Brasil
Corrida eleitoral 2018: Lula contra todos ou todos sem Lula?
Na terça-feira, Janot  já havia acusado Lula, Dilma e outros políticos petistas — como os ex-ministros Antônio Palocci, Guido Mantega — de organização criminosa

Segundo o procurador-geral, Dilma tentou obstruir a justiça quando nomeou Lula para o cargo de ministro da Casa Civil, em março de 2016. À época, o ex-presidente já era investigado pela operação Lava Jato e havia sido alvo de uma condução coercitiva ordenada pelo juiz Sérgio Moro poucos dias antes. 

Segundo a Folha de S. Paulo, a acusação feita ao Supremo Tribunal Federal (STF) usa como base a delação do ex-senador petista Delcídio do Amaral. Eduardo Marzagão, assessor de Delcídio, gravou secretamente uma conversa com Mercadante em que supostamente são discutidas maneiras de barrar a Lava Jato.

Eduardo Margazão firmou um acordo de colaboração premiada com Procuradoria-Geral da República (PGR).

Por meio de uma nota em seu site, Lula afirmou que a denúncia "busca de gerar algum ruído midiático que encubra questionamentos sobre sua atuação no crepúsculo do seu mandato [de Rodrigo Janot]".

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала