Putin propõe ratificação do acordo para instalação da aviação russa na Síria

© Sputnik / Dmitri Vinogradov / Abrir o banco de imagensCaça russo Su-30 na base aérea na Síria
Caça russo Su-30 na base aérea na Síria - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, submeteu à Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), para ratificação, o anexo ao acordo entre a Rússia e a Síria sobre a instalação do grupo da aviação russa no território sírio, de acordo com os documentos da Duma.

O acordo foi assinado em 18 de janeiro de 2017 em Damasco.

Anteriormente tinha sido informado que o documento regulamenta tais questões como a instalação do grupo de aviação das Forças Armadas russas, seus bens móveis e imóveis no território da Síria, assim como as questões ligadas ao seu funcionamento.

Bombardeiro estratégico TU-95 - Sputnik Brasil
Tu-95 russos atacam terroristas na Síria com mísseis de cruzeiro
Além disso, o documento especifica o estatuto dos efetivos do grupo de aviação russo, de seus familiares, bem como dos órgãos oficiais da parte russa.

O representante oficial do presidente para o processo de instalação do grupo de aviação russo na Síria será o vice-ministro da Defesa da Rússia, Nikolai Pankov. O decreto do presidente relativo à sua nomeação foi publicado no site oficial de informação jurídica.

O conflito armado na Síria continua desde março de 2011. As tropas do governo sírio estão combatendo contra vários grupos armados extremistas. Desde o outono de 2015, a Rússia está realizando na Síria uma operação contra o grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia) a pedido de Damasco.

Os dados sobre as vítimas, causadas pelo conflito, são diferentes. De acordo com a ONU, morreram 300 mil cidadãos sírios.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала