Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Torcedores portugueses sobre 'hooligans' russos: 'É tudo propaganda'

© Sputnik / Vladimir Pesnia / Abrir o banco de imagensTorcedor português durante o jogo contra a Rússia na Copa das Confederações 2017, em Moscou, em 21 de junho
Torcedor português durante o jogo contra a Rússia na Copa das Confederações 2017, em Moscou, em 21 de junho - Sputnik Brasil
Nos siga no
Eis os famosos "hooligans" russos com os quais o canal BBC tentou tanto assustar os torcedores europeus... Cantando, se abraçando e regozijando ao lado dos visitantes lusos. A Sputnik Brasil falou com os portugueses que vieram a Moscou para torcer pela sua seleção e descobriu o que estes acharam da hospitalidade russa.

Grupo organizado de torcedores, os Chapolins Brasileiros, que se viralizou nas redes e ficou conhecido devido à participação ativa nas Olimpíadas 2016 - Sputnik Brasil
Torcida brasileira na Copa do Mundo 2018 não tem medo de 'hooligans' russos
Na noite de quarta-feira (21), em Moscou decorreu o jogo da Copa das Confederações 2017 no qual se defrontaram as seleções russa e portuguesa. Apesar de um aguaceiro violento que irrompeu na véspera da partida, os torcedores não perderam o ânimo e se mostraram extremamente entusiasmados, partilhando a energia positiva entre ambas as nacionalidades.

Apesar de serem pouco numerosos, os apoiadores do time lusitano se destacaram muito da multidão: vestidos com cores da bandeira nacional, elas não perderam a oportunidade de cantar, gritar e tirar fotos em conjunto com todos os que o desejaram, e estes foram muitos.

A Sputnik Brasil falou com os portugueses que não se assustaram com os alegados "hooligans" russos, retratados pela BBC britânica em um filme recente, e vieram às terras russas para apoiar os jogadores favoritos que, a propósito, acabaram de ganhar a Copa Europeia no ano passado.

"Já estivemos em Kazan, agora é Moscovo [Moscou] e amanhã já vamos passar para São Petersburgo", contaram o Jorge e o Miguel, de Setúbal, cujos trajes maravilhosos geraram grande interesse entre os outros visitantes. Além disso, os torcedores confessaram que até o momento não sentiram qualquer tipo de agressividade por parte da torcida russa; muito pelo contrário, esta lhes pareceu "muito simpática". "Claro. Depois de Portugal ser qualificado, voltaremos cá", afirmaram eles, falando da próxima Copa do Mundo.

© Sputnik / Ekaterina NenakhovaJorge e Miguel, de Setúbal, foram algumas das estrelas da noite, com seus trajes nacionais maravilhosos
Jorge e Miguel, de Setúbal, foram algumas das estrelas da noite, com seus trajes nacionais maravilhosos - Sputnik Brasil
Jorge e Miguel, de Setúbal, foram algumas das estrelas da noite, com seus trajes nacionais maravilhosos

Vale destacar que para muitos russos, o futebol português continua sendo um dos "padrões" da modalidade — não só pelo famoso craque Ronaldo, mas pela tradição de uma cultura de futebol nacional forte e rica. Não é de surpreender que os anfitriões tenham ficado tão animados com a presença dos visitantes da terra de Camões.

"Até agora — nenhum problema, parece uma boa organização. Parece que o país está bem preparado. Não sei se as pessoas estão ainda 100% motivadas para a festa, mas também é normal, [já que] a Taça das Confederações serve para isso, ou seja, fazer um aquecimento antes do Campeonato do Mundo. Queremos ver mais russos na rua a festejar, estar juntos com as pessoas que vieram aqui assistir aos jogos", revelou o Pedro, acompanhado pela Joana, tendo ambos vindo de Lisboa.

© Sputnik / Ekaterina NenakhovaPedro, de Lisboa, brincou que "só viu hooligans portugueses, mas eles apenas cantam e bebem cerveja, não fazem mal a ninguém"
Pedro, de Lisboa, brincou que só viu hooligans portugueses, mas eles apenas cantam e bebem cerveja, não fazem mal a ninguém - Sputnik Brasil
Pedro, de Lisboa, brincou que "só viu hooligans portugueses, mas eles apenas cantam e bebem cerveja, não fazem mal a ninguém"

"Hooligans russos ainda não vimos. Só vimos hooligans portugueses, mas eles apenas cantam e bebem cerveja, não fazem mal a ninguém", brincou o Pedro. "Até agora não vimos ninguém agressivo", adiantou, dizendo que de certeza vão voltar, caso Portugal seja qualificado para a Copa do Mundo de 2018.

Outro grupo de torcedores, composto pelo Sérgio, Hélder e Júlio, da cidade do Porto, não se conteve de cantar e soltar toda a energia positiva em frente ao estádio, provocando o interesse dos outros torcedores e animando a torcida russa, particularmente. Em uma conversa com a Sputnik, os fãs da seleção lusa asseguraram que não tinham nenhuma noção sobre o "Exército de Hooligans" da Rússia, afirmando com os russos que tudo isso parece ser "uma propaganda".

"Os hooligans somos nós!", brincaram eles. Os amigos também acrescentaram: "Não, tá tudo tranquilo, não sentimos nada, as pessoas são muito simpáticas. É tudo propaganda."

© Sputnik / Ekaterina NenakhovaSérgio, Hélder e Júlio, da cidade do Porto, confessaram achar os russos muito "simpáticos"
Sérgio, Hélder e Júlio, da cidade do Porto, confessaram achar os russos muito simpáticos - Sputnik Brasil
Sérgio, Hélder e Júlio, da cidade do Porto, confessaram achar os russos muito "simpáticos"

Outro lisboeta, o Pedro, também estava na companhia de amigos lusos e partilhou suas boas impressões com várias mídias, inclusive a Sputnik Brasil.

"As pessoas [são] muito simpáticas. […] Agora pode ser agressivo se perder, né? Só depois do jogo, não é? […] Mas não, falando a sério, é tudo um exagero. Acho que as pessoas tentam deixar uma imagem boa para breve, para o próximo ano. Como a gente sabe, é um preparativo para o Mundial", ressaltou.

© Sputnik / Ekaterina NenakhovaUm grupo de amigos, de Lisboa, afirmou ter sido tão bem acolhido que "já não voltava para Portugal"
Um grupo de amigos, de Lisboa, afirmou ter sido tão bem acolhido que já não voltava para Portugal - Sputnik Brasil
Um grupo de amigos, de Lisboa, afirmou ter sido tão bem acolhido que "já não voltava para Portugal"

"Nos sentimos muito bem acolhidos. Já não voltava para Portugal!", gracejou um dos amigos.

Outros protagonistas da grande festa do futebol de hoje, uma família russo-lusitana de Lisboa, com a esposa Elena falando um português impecável, mostraram grande simpatia e ânimo com o evento. Pintados com as cores tanto do tricolor russo como com as da bandeira portuguesa, eles afirmaram que a organização do evento estava a um nível muito alto.

© Sputnik / Ekaterina NenakhovaRui, Maksim e Elena revelaram que a organização do evento foi uma "boa surpresa" e até superou o Campeonato Europeu de Futebol 2004 em Portugal
Rui, Maksim e Elena revelaram que a organização do evento foi uma boa surpresa e até superou o Campeonato Europeu de Futebol 2004 em Portugal - Sputnik Brasil
Rui, Maksim e Elena revelaram que a organização do evento foi uma "boa surpresa" e até superou o Campeonato Europeu de Futebol 2004 em Portugal

"Já tivemos em Piter [São Petersburgo], e agora chegamos a Moscovo [Moscou]", contou o Rui.

"Nós gostamos da organização. Não estávamos à espera. É uma grande surpresa, uma boa surpresa", continuou Elena. "Não estou a sentir nenhum perigo. […] Eu acho uma boa ideia também, que está proibida a venda das bebidas alcoólicas, isto é bem pensado. A organização tá perfeita, eu gostei muito. Eu acho que até o vosso [português] Campeonato Europeu que tiveram nem foi assim tão bom", confessou Elena, cujo marido concordou, falando que, na verdade, em Portugal na época não havia tanta coisa de oferta, tal como a passagem gratuita nos transportes públicos, por exemplo.

© Sputnik / Ekaterina NenakhovaEstádio Otkrytie Arena, em Moscou, onde decorreu a partida entre Portugal e a Rússia em 21 de julho, sendo que o local acolherá ainda os jogos da Copa do Mundo em 2018
Estádio Otkrytie Arena, em Moscou, onde decorreu a partida entre Portugal e a Rússia em 21 de julho, sendo que o local acolherá ainda os jogos da Copa do Mundo em 2018 - Sputnik Brasil
Estádio Otkrytie Arena, em Moscou, onde decorreu a partida entre Portugal e a Rússia em 21 de julho, sendo que o local acolherá ainda os jogos da Copa do Mundo em 2018

A partida terminou, no entanto, com o placar de 1 a 0 para Portugal, evidentemente, deixando os russos um pouquinho tristes com o desempenho da sua seleção. Mas nem a derrota conseguiu dissipar o sentimento único de hoje — de amizade e alegria, que é algo que o esporte pode e deve trazer ao mundo.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала