Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Nova Grande Muralha: China criará concorrente da Wikipédia

Nos siga no
Autoridades da China contrataram mais de 20 mil especialistas em várias áreas para criar a maior enciclopédia on-line chinesa para concorrer com a Wikipédia. Assim, cidadãos da China receberão uma interpretação oficial quanto a questões históricas e políticas.

O especialista em questões chinesas, Mikhail Korostikov, comentou para a Sputnik China a criação desta enciclopédia, revelando as ambições do chefe do projeto, Yang Muzhi.

"A enciclopédia chinesa é uma Grande Muralha Cultural", descreveu seu projeto o editor-chefe da nova enciclopédia, Yang Muzhi, durante um encontro com cientistas e especialistas chineses. Sua frase foi citada em um artigo sobre a enciclopédia do South China Morning Post.

Liaoning, único porta-aviões da China, navegando durante exercícios militares no Pacífico - Sputnik Brasil
Por que China copia os porta-aviões soviéticos?
A importância do projeto é alta devido ao fato de a Wikipédia, original dos EUA, ser parcialmente bloqueada no território da China continental. A grande maioria dos artigos pode ser lida sem problemas, mas as páginas com a biografia do Dalai Lama ou Xi Jinping, por exemplo, não abrem. Em uma reunião com cientistas, Yang Muzhi disse que a China sofre uma pressão internacional em conexão com este fato, e ele sentiu a necessidade de criar uma enciclopédia para "dirigir e conduzir a opinião pública".

O presidente da Academia de Ciências da China, Bai Chun, falou aos participantes da reunião do novo projeto que, do ponto de vista técnico, a enciclopédia terá o nível mais avançado. Sua principal tarefa será a promoção dos resultados alcançados pela ciência chinesa: tecnologia, herança histórica e o reforço do "soft power" (poder brando) chinês no mundo.

Kim Jong-un durante parada militar dedicada ao 105 aniversário do seu avô, Kim Il-sung, Pyongyang,  15 de abril de 2017 - Sputnik Brasil
Após 'ameaça' norte-coreana, China defende fim de programas nucleares na península
O projeto da enciclopédia foi aprovado em 2011 pelo Conselho de Estado da República Popular da China, mas o trabalho só começou recentemente. Ao mesmo tempo, muitas empresas de Internet chinesas, por exemplo, Baidu e Qihu 360 já têm seus próprios análogos da Wikipédia, que são regularmente atualizados. No entanto, os especialistas acreditam que a nova enciclopédia será um projeto muito mais ambicioso.

Como Yang Muzhi observou no fim de janeiro de 2016, os leitores acreditam que a Wikipédia seja uma fonte de confiança, mas o chefe do projeto chinês não planeja somente alcançar a enciclopédia Wikipédia, mas superá-la.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала