Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Tillerson: EUA não têm dúvidas de que Assad está por trás do ataque químico

© AFP 2021 / BEN STANSALLRex Tillerson, novo secretário de Estado dos EUA
Rex Tillerson, novo secretário de Estado dos EUA - Sputnik Brasil
Nos siga no
Na véspera de uma reunião entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, o secretário de Estado, Rex Tillerson, disse aos repórteres que os EUA estão convencidos de que o presidente sírio, Bashar Assad, será considerado responsável pelo recente ataque químico na província de Idlib, na Síria.

Ruínas do hospital apoiado pela ogranização Médicos Sem Fronteiras, destruído em 15 de fevereiro, província de Idlib, Maaret al-Nuuman, Síria - Sputnik Brasil
Ministro da Defesa de Israel culpa Assad, mesmo sem provas, por ataque químico em Idlib
Ao discursar em West Palm Beach, na Flórida, no dia de uma grande reunião entre as duas maiores potências econômicas do mundo, Tillerson classificou o ataque de armas químicas de uma "tragédia" que "exigiria uma resposta séria" proporcional aos danos infligidos.

Enquanto o presidente Trump estava a bordo da Air Force One, a caminho da Flórida, Tillerson disse aos jornalistas que os boatos sobre as opções militares dos EUA na Síria não eram verdadeiros.

"Não há medidas em andamento" para afastar Assad do poder, disse Tillerson.

Qualquer plano para remover Assad exigiria a cooperação internacional e não seria uma operação realizada apenas pelos EUA. Tillerson acrescentou que o governo russo deveria "cuidadosamente" considerar seu apoio à administração de Assad.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала