Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Presidente da Alerj é levado para depor na Polícia Federal

© Tânia Rêgo/Agência BrasilPresidente da Alerj, Jorge Picciani, devolve para o governo estadual medidas que constavam no pacote de ajuste fiscal
Presidente da Alerj, Jorge Picciani, devolve para o governo estadual medidas que constavam no pacote de ajuste fiscal - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Polícia Federal conduziu coercitivamente, o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, para prestar depoimentos com base em acusações da Operação Quinto do Ouro, que apura desvios em favor de membros do Tribunal de Contas do Estado.

Sérgio Cabral com o cabelo raspado e usando uniforme da Secretaria de Administração Penitenciária - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Sérgio Cabral tem cabeça raspada e usa uniforme em presídio no Rio
Além de ser levado pelos federais, Picciani teve a sua sala na Alerj revistada para possível de obtenção de provas. O local chegou a ser interditado pela manhã durante os trabalhos da PF. Agentes deixaram o Palácio Tiradentes carregando malote cheios de documentos. 

Segundo a PF, Picciani pode estar envolvido em um esquema de propina que desviou até 20% de contratos com órgãos públicos para autoridades, sobretudo membros do Tribunal de Contas e da própria Alerj. O presidente da Assembleia é um dos principais aliados do governador Luiz Fernando Pezão e ocupa o cargo na Casa Legislativa desde 2015.

© Foto / TV Globo/ReproduçãoCâmeras da Rede Globo flagram momento em que Jorge Picciani chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento
Câmeras da Rede Globo flagram momento em que Jorge Picciani chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento - Sputnik Brasil
Câmeras da Rede Globo flagram momento em que Jorge Picciani chega à sede da Polícia Federal para prestar depoimento

A Operação foi batizada Quinto do Ouro em referência ao nome do imposto de 20% cobrado pela Coroa Portuguesa para obtenção de um certificado que legalizava o ouro extraído do Brasil no período imperial.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала