Carnificina brutal: forças iraquianas encontram mais uma vala comum perto de Mossul

© Sputnik / Nazek MuhammedVala comum encontrada no sul de Mossul
Vala comum encontrada no sul de Mossul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
No domingo passado (12), no norte do Iraque, ao leste da cidade de Mossul, foi encontrada mais uma vala comum, na qual os terroristas do Daesh sepultaram os restos mortais de mais de 40 residentes locais e funcionários das forças de segurança, afirmou à Sputnik Árabe o ativista local Muhannad Mahmud.

Vala comum encontrada no sul de Mossul - Sputnik Brasil
'Viu cadáveres e sangue': Agora só há vala comum (IMAGENS FORTES)
O processo de identificação dos corpos está agora em andamento, comunica a Sputnik Árabe. Graças a um documento de identificação encontrado, se revelou que um dos executados tinha o posto militar de coronel.

Mais cedo, em 11 de março, as Forças de Mobilização Popular do Iraque encontraram uma grande vala comum com os restos mortais de 500 civis executados pelos militantes na prisão de Badush. Foi comunicado que 87 extremistas foram detidos por acusação de terem participado desta carnificina.

Os terroristas tomaram a prisão de Badush em junho de 2014, fuzilaram 650 prisioneiros e queimaram seus corpos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала