Rússia engrossa o coro contra testes de mísseis da Coreia do Norte

© AP Photo / KCNALíder da Coreia do Norte, Kim Jong-un
Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Moscou também se opõe à violação, por parte da Coreia do Norte, da resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas que proíbe o país asiático de conduzir testes nucleares e lançar mísseis balísticos, segundo declarou nesta terça-feira (7) o embaixador russo na sede da ONU em Genebra, Aleksey Borodavkin.

Em uma conferência sobre desarmamento, Borodavkin acrescentou que Moscou está exortando todas as partes envolvidas a "mostrar moderação e considerar seriamente as consequências negativas de uma maior escalada de tensões na região". 

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, cumprimenta o presidente dos EUA, Donald Trump, em encontro na Casa Branca - Sputnik Brasil
Trump após lançamento de mísseis norte-coreanos: '100% com o Japão'
Ainda segundo o embaixador russo, o Kremlin está convicto de que os esforços políticos e diplomáticos são a única maneira de resolver a situação. 

A Coreia do Norte disparou quatro mísseis no Mar do Japão na segunda-feira (6), enquanto EUA e Coreia do Sul se preparavam para exercícios militares de grande escala, que começaram nesta terça-feira (7) com participação prevista de 17 mil militares norte-americanos e mais de 300 mil sul-coreanos.

A delegação norte-coreana qualificou as manobras militares como uma "provocação", e garantiu que Pyongyang continuará a desenvolver suas capacidades de autodefesa.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала