Putin: 'Rússia não vai apoiar novas sanções da ONU contra Síria'

© Sputnik / Aleksei Nikolsky / Abrir o banco de imagensPresidente russo, Vladimir Putin (foto de arquivo)
Presidente russo, Vladimir Putin (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente russo Vladimir Putin anunciou na terça-feira (28) que a Rússia não apoiará novas sanções da ONU contra a Síria, algo que Moscou considera inapropriado.

Visita de trabalho do presidente russo Vladimir Putin ao Cazaquistão - Sputnik Brasil
Putin sublinha papel de Astana na resolução da crise síria
Segundo o líder russo, tal medida prejudicaria o processo de negociações.

O presidente russo fez esta declaração ao falar em uma coletiva de imprensa após uma reunião com o líder do Quirguistão, Almazbek Atambayev.

"Quanto às sanções contra o governo sírio, acho que isso é completamente inapropriado neste momento. Isso não ajuda e não poderia ajudar o processo de negociações, e apenas o prejudicaria e ameaçaria a confiança durante este processo", declarou Putin.

Hoje, 28 de fevereiro, o Conselho de Segurança das Nações Unidas irá votar a possível introdução de sanções contra a Síria. A votação será realizada para decidir o futuro do projeto de resolução sobre as sanções contra o país árabe devido ao alegado uso de armas químicas.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала