08:10 30 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Mundo
    URL curta
    328
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (28) o Conselho de Segurança das Nações Unidas irá votar a possível introdução de sanções contra a Síria.

    A votação será realizada para decidir o futuro do projeto de resolução sobre as sanções contra o país árabe devido ao alegado uso de armas químicas.

    A votação deve ter lugar às 11h30 da manhã, hora local (às 13h30, horário de Brasília).

    A Rússia divulgou mais cedo a sua intenção de usar o direito de veto. Se isso acontecer, essa será a sétima vez que Moscou utiliza o seu voto para proteger os aliados de Damasco.

    O projeto de resolução foi proposto pelos Estados Unidos, Reino Unido e a França e visa introduzir sanções contra 11 individualidades sírias e 10 empresas ligadas alegadamente a ataques químicos durante toda a guerra, que se prolonga desde 2011.

    As possíveis sanções também proibiriam o fornecimento e transporte de helicópteros e materiais relacionados, inclusive componentes, pelas Forças Armadas governamentais ou o próprio governo.

    A ideia da resolução se baseia na investigação realizada pelas Nações Unidas em outubro de 2016, segundo a qual entre 2014 e 2015 a Força Aérea síria lançou bombas de barril com cloro a partir de helicópteros contra três aldeias controladas pela oposição.

    O embaixador adjunto da Rússia Vladimir Safronkov declarou na sexta-feira (24) que Moscou usará o veto contra o projeto de resolução porque a investigação foi "unilateral" e baseada em "provas insignificantes".

    O governo sírio tem várias vezes negado o uso de armas químicas durante a guerra, que desde março de 2011 matou cerca de 310 mil pessoas.

    Tags:
    votação, armas químicas, sanções, Conselho de Segurança da ONU, Síria, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar