Quem matou o irmão do líder norte-coreano Kim Jong-un?

© AFP 2022 / Jung Yeon-JeTransmissão da notícia sobre morte de Kim Jong-nam, irmão do líder norte-coreano Kim Jong-un
Transmissão da notícia sobre morte de Kim Jong-nam, irmão do líder norte-coreano Kim Jong-un - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Na terça-feira (14), a polícia da Malásia confirmou que o cidadão morto na Coreia do Norte é Kim Jong-nam, irmão do líder norte-coreano Kim Jong-un.

Líder norte coreano, Kim Jong-un, observa treinamento militar (a foto sem data foi divulgada pela agência de notícias central da Coreia do Norte em 11 de dezembro de 2016) - Sputnik Brasil
Kim Jong-un lançaria um ataque nuclear contra Los Angeles?
As informações são da agência Reuters.

Antes, o canal sul-coreano TV Chosun, citando fontes anônimas no governo, comunicou que Kim Jong-nam foi morto em um dos aeroportos da Malásia. Segundo os jornalistas, o crime foi cometido por duas mulheres que conseguiram fugir. Por seu turno, a polícia suspeita que elas possam ser "agentes" da Coreia do Norte, informa o canal.

Kim Jong-nam, que é o irmão mais velho do líder norte-coreano, saiu do país há muito tempo e vivia em Macau se dedicando aos negócios.

Ao comentar a morte de Kim Jong-nam, o chefe do Departamento dos Estudos Estratégicos do Instituto Sejong, Seong-chang Cheong, opinou à Sputnik Coreia que Kim Jong-un poderia ter mandado assassinar Kim Jong-nam depois de saber da tentativa da sua fuga há cinco anos.

Homem em Seul vê programa de televisão que mostra lançamento de míssil realizado pela Coreia do Norte, - Sputnik Brasil
Coreia do Norte anunciou ter realizado com sucesso um teste de míssil balístico
Segundo o especialista, "o assassinato de Kim Jong-nam não podia ocorrer sem autorização ou consentimento de Kim Jong-un e, provavelmente, este ordenou matar o irmão depois de saber da sua tentativa de fuga [para o Sul]".

Na opinião de Cheong, o assassinato de Kim Jong-nam poderá estar ligado à recente publicação no jornal sul-coreano Chugan Khan, segundo a qual Kim Jong-nam tentou fugir ainda em 2012, o que poderia ter provocado a ira de Kim Jong-un.

"O assassinato de Kim Jong-nam, a meu ver, está diretamente ligado ao trabalho da Agência de Inteligência da Coreia do Norte, pois é essa entidade que tinha a tarefa de vigiar Kim Jong-nam e é essa a entidade responsável pela eliminação de figuras-chave", destaca Cheong.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала