Cerca de 20 mulheres denunciam abusos sexuais na virada do ano na Áustria

Nos siga noTelegram
Autoridades austríacas estão investigando os casos de abusos sexuais ocorridos durante as celebrações do Ano Novo na cidade de Innsbruck.

De acordo com a publicação The Telegraph, 19 mulheres se queixaram à polícia local de terem sido molestadas.

Ernst Kranebitter, porta-voz da polícia local, disse que as mulheres comunicaram sobre um grupo de até 10 jovens de aparência estrangeira.

"Eles rodeavam as vítimas e logo começaram a agarrar os seios delas e meter as mãos entre as pernas. Foi difícil perceber o que eles estavam fazendo porque tudo aconteceu durante as festas", disse Kranebitter.

Refugiados e migrantes de Paquistão estão dormindo na costa grega. Foto de arquivo de 6 de abril, 2016 - Sputnik Brasil
Europeus denunciam agravamento da crise dos refugiados
Os assaltos foram realizados no centro da cidade entre as 23h30 e 01h30 (20h30 e 22h30 na hora de Brasília), nesta altura a praça estava cheia das pessoas. Algumas testemunhas têm vídeos, mas eles têm qualidade ruim e não ajudam muito na investigação. A idade das mulheres que sofreram abusos varia entre 19 e 25 anos. Foram registrados outros casos perto de Innsbruck. A polícia tem certeza que se trata do mesmo grupo, porque os ataques foram "sistemáticos" e têm muito em comum.

Innsbruck, uma cidade conservativa com população de apenas 130 mil pessoas, ficou chocada com a notícia.

"Nunca aconteceu algo parecido aqui. Isto indica o fato de eles serem estrangeiros. Nós estamos investigando", destacou Kranebitter.

O incidente lembra muito a série de ataques de cariz sexual realizados durante as festas natalinas em Colônia, na Alemanha. As autoridades alemãs têm certeza que os crimes foram cometidos por indivíduos com origem na África do Norte.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала