'Pior não pode ser': Moscou está disposta a melhorar relações com EUA

© Sputnik / Yevgenia Novozhenova / Abrir o banco de imagensVista do Kremlin de Moscou
Vista do Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Moscou está disposta a construir relações mutuamente vantajosas e em pé de igualdade com os EUA e conta com a reciprocidade de Washington. Contudo, a parte russa destaca que o termo "reinicialização" se viu comprometido, declarou o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov.

Anteriormente, o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, disse que gostaria de ter boas relações com líder russo Vladimir Putin, mas que não apoia a ideia de "reinicialização" das relações entre Moscou e Washington.

Donald Trump discursa durante o Congresso Nacional republicano em Cleveland - Sputnik Brasil
Trump pode vir a corrigir o maior fracasso de Obama
"Quero fazer lembrar as palavras do presidente Putin, ele por várias vezes e em várias ocasiões expressou a vontade de construir relações boas, mutuamente vantajosas e em pé de igualdade com os EUA. Ou seja, neste caso o presidente sempre destacou que espera reciprocidade por parte de Washington", disse Peskov aos jornalistas lembrando que hoje em dia "o nível das relações bilatérias deixa muito a desejar".

"É pouco provável que estas relações possam ser estragadas. Elas estão mesmo no fundo, mas nós esperamos, certamente, que o diálogo será retomado e se iniciará um processo complexo, que obviamente não será rápido, de reposição das relações num rumo construtivo", acrescentou o porta-voz do líder russo.

Ao mesmo tempo, o representante do Kremlin destacou que é possível concordar com as considerações de Trump de que o novo formato nas relações com Moscou poderá não ser uma "reinicialização".

"A palavra, de fato, ficou algo comprometida, pois as consequências dela não foram as que nós gostaríamos de ver. O termo, neste caso, não importa, o importante é a existência de vontades e a demonstração do desejo de normalizar as relações", disse Peskov.

A bandeira americana em um veículo vibra quando o sol se põe atrás da cúpula do Capitólio dos EUA nas horas antes de o presidente Barack Obama entregar o discurso do Estado da União a uma sessão conjunta do Congresso em Washington em 12 de janeiro de 2016 - Sputnik Brasil
Quem impede Trump de melhorar relações com a Rússia?
O termo "reinicialização" das relações russo-americanas surgiu durante o primeiro mandato de Barack Obama. Em 2009, a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, e o chefe da chancelaria da Rússia, Sergei Lavrov, apertaram juntos um botão que simbolizava a reinicialização das relações. Mais tarde, este processo se reduziu a nada, inclusive devido aos planos de implantação na Europa dos sistemas de defesa antimísseis americanos.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала