Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Coreia do Norte afirma ter completado criação de armas nucleares

© AFP 2021 / JUNG YEON-JEHomem tira uma foto da tela com a imagem do líder norte-coreano Kim Jong-un numa estação ferroviária em Seul, Coreia do Sul, 6 de maio de 2016
Homem tira uma foto da tela com a imagem do líder norte-coreano Kim Jong-un numa estação ferroviária em Seul, Coreia do Sul, 6 de maio de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
Pyongyang declarou ter completado a maior parte do trabalho de desenvolvimento de armas nucleares, diz-se no comunicado da embaixada da Coreia do Norte na Rússia.

Secretário de Defesa norte-americano Ashton Carter durante a entrevista coletiva, Washington, EUA, agosto de 2015 - Sputnik Brasil
Chefe do Pentágono: Rússia e Coreia do Norte representam ameaça nuclear para os EUA
O comunicado indica que "no último teste foram verificadas definitivamente e comprovadas as caraterísticas do dispositivo, as caraterísticas técnicas e a potência de uma ogiva nuclear estandardizada, destinada a mísseis balísticos da artilharia Hwasong das forças estratégicas do Exército Popular da Coreia".

"Esta é a expressão da certeza de que o país completou na generalidade os testes e o desenvolvimento de armas nucleares", sublinhou o documento.

O comunicado afirma que os testes nucleares permitiram à Coreia do Norte dominar a tecnologia de produção e utilização de vários materiais físseis e produzir em números necessários ogivas nucleares de numerosos propósitos, quer leves quer pesadas.

Imagens mostrando lançamento de míssil feito pela Coreia do Norte - Sputnik Brasil
Coreia do Norte ameaça destruir Seul e base dos EUA com armas nucleares
O representante permanente da Rússia nas organizações internacionais em Viena, Vladimir Voronkov, afirmou:

"Isso pode significar que terminaram todos os testes nucleares que preocupavam a comunidade internacional. Se é assim, isso pode ser razão de um otimismo cauteloso."

Voronkov acrescentou que a Rússia ainda "espera que Pyongyang retorne ao regime de não-proliferação, o que seria um passo responsável por parte da Coreia do Norte".

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала