Hillary tem 4 pontos de vantagem sobre Trump às vésperas do primeiro debate presidencial

Nos siga noTelegram
A candidata democrata à presidência dos EUA, Hillary Clinton, está quatro pontos percentuais à frente do republicano Donald Trump às vésperas do primeiro debate entre os dois, de acordo com a mais recente pesquisa de intenção de voto divulgada nesta sexta-feira (23) pela Reuters/Ipsos.

Candidatos à presidência norte-americana Hillary Clinton do Partido Democrata e Donald Trump do Partido Republicano (foto de arquivo) - Sputnik Brasil
Hillary retorna à campanha presidencial, após pneumonia, empatada com Trump nas pesquisas
A pesquisa, feita entre os dias 16 e 22 de setembro, indica que 41% dos prováveis eleitores apoiam Clinton, ao passo que 37% apoiam Trump. 

Hillary tem liderado as pesquisas durante toda a campanha de 2016, embora sua vantagem tenha diminuído desde o final das convenções nacionais dos partidos democrata e republicano, em julho.

Com apenas seis semanas faltando para as eleições de 8 de novembro, o debate que acontecerá na próxima segunda-feira (26) na Universidade de Hofstra, em Hempstead, Nova York, será o primeiro de três entre os pretendentes à Casa Branca. 

Neste sentido, o confronto televisionado ao vivo será uma grande oportunidade para apelar aos eleitores que ainda estão indecisos: um grupo considerável de 22% do possível eleitorado, segundo a última pesquisa de opinião. O número de indecisos este ano é mais que o dobro do registrado na mesma altura da campanha para as eleições de 2012, disputadas entre o presidente democrata Barack Obama e o republicano Mitt Romney.

Candidato presidenciável do Partido Republicano Donald Trump - Sputnik Brasil
Por que UE apoia secretamente Trump?
No entanto, estes eleitores indecisos parecem estar tendendo mais a Trump do que a Clinton, de acordo com a pesquisa, apesar de eles não terem se convencido o suficiente para dizer que vão votar no magnata em novembro. Também é possível que alguns desses eleitores escolham um candidato alternativo, como o libertário Gary Johnson ou a candidata do Partido Verde, Jill Stein.

Apesar disso, Clinton também liderou uma segunda pesquisa da Reuters/Ipsos que incluiu Trump, Johnson e Stein. Neste cenário, 39% apoiariam a democrata, 37% apoiariam Trump, 7% escolheriam Johnson e 2% votariam em Stein.

A pesquisa da Reuters/Ipsos foi realizada online, em inglês, no território continental dos Estados Unidos, Alasca e Havaí, com 1.559 pessoas que foram consideradas como prováveis eleitores dados seus históricos de votação, status de registo eleitoral e intenção declarada de comparecer às urnas no dia da eleição. A taxa de erro é de 3 pontos percentuais.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала