Primeiro-ministro do Japão exorta ONU a adotar novas sanções contra Coreia do Norte

Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, teve um encontro com o secretário-geral da ONU, Ban Ki Moon, e exortou as Nações Unidas a discutirem novas sanções contra Coreia do Norte no prazo mais curto possível devido ao recente teste nuclear, comunica a agência Kyodo.
​Abe classificou o teste nuclear realizado como "um desafio para a ONU". 

Além disso, as partes discutiram o acordo de Paris sobre a luta contra aquecimento global. O primeiro-ministro japonês afirmou tencionar fazer tudo o que for necessário para que o Japão se junte ao acordo.

Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante o Fórum Econômico do Oriente, Vladivostok, Rússia, 3 de setembro de 2016 - Sputnik Brasil
Crise asiática: Japão espera apoio da China e Rússia nas medidas contra Coreia do Norte
​Ban Ki Moon, por seu lado, avaliou altamente a participação do Japão na missão pacificadora da ONU. 

Abe declarou que, com a aprovação da lei que expande as possibilidades de uso das forças japonesas de autodefesa no estrangeiro, o Japão poderá reforçar o seu papel na missão pacificadora. 

O encontro foi realizado no âmbito da Assembleia Geral da ONU que se iniciou em Nova York.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала