Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

FMI apresenta novas exigências impopulares à Ucrânia

© REUTERS / Leonhard FoegerA chefe do FMI, Christine Lagarde, discursa durante um evento em Viena em 17 de junho de 2016
A chefe do FMI, Christine Lagarde, discursa durante um evento em Viena em 17 de junho de 2016 - Sputnik Brasil
Nos siga no
O Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentou à Ucrânia novas exigências para o repasse da próxima tranche do empréstimo total de US$ 17,5 bilhões concedido a Kiev, informa a agência Apostrof, citando como fonte a nova versão do memorando de cooperação da Ucrânia com o Fundo.

"A Ucrânia espera receber até o final de 2016 mais uma tranche do FMI pelo programa EFF no valor de US$ 1,3 bilhões. No entanto, o país precisa promover a impopular reforma previdenciária, otimizar o sistema de pagamento de subsídios de habitação e desenvolvem um mecanismo para aumentar tarifas de gás e calefação" – escreve a publicação.

Emblema do Fundo Monetário Internacional na sede da organização em Washington, 30 de novembro de 2015 - Sputnik Brasil
FMI aprovou tranche de bilhão para Ucrânia, apesar dos protestos da Rússia
De acordo com a Apostrof, todas essas condições estão listadas na nova versão do memorando sobre cooperação, preparado para o repasse da quarta tranche à Ucrânia.

No prazo de quatro anos, Kiev receberá US$ 17,5 bilhões do FMI. Os primeiros cinco bilhões foram transferidos em março de 2015, e em agosto do mesmo ano, Kiev recebeu mais US$ 1,7 bilhão. Na quinta-feira (15), o Fundo aprovou um novo tranche de US$ 1,7, a ser entregue ainda este ano.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала