Obama alega 'segurança nacional' dos EUA para bombardear o Daesh na Líbia

© flickr.com / John ConnellCasa Branca
Casa Branca - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente norte-americano, Barack Obama, disse nesta terça-feira (2) que faz parte dos interesses de segurança nacional dos EUA apoiar a luta do governo da Líbia contra o Daesh (autodenominado Estado Islâmico), um dia depois de sua administração anunciar o lançamento de ataques aéreos no país africano.

Sirte, Líbia - Sputnik Brasil
Pentágono: EUA conduzem ataques na Líbia a pedido do governo local
Os bombardeios foram realizados a pedido do governo líbio reconhecido pela ONU, segundo informou o Pentágono, com o objetivo de garantir que as forças líbias fossem capazes de terminar a missão de derrotar o grupo militante radical, bem como de aumentar a estabilidade no país, segundo afirmou Obama. 

A ausência de estabilidade no Iraque e na Síria, por sua vez, "tem ajudado a gerar alguns dos desafios que temos visto no que diz respeito à crise migratória na Europa", acrescentou o presidente norte-americano, citado pela Reuters.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала