Pentágono: EUA conduzem ataques na Líbia a pedido do governo local

© AP Photo / Manu BraboSirte, Líbia
Sirte, Líbia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Os EUA realizaram ataques aéreos na Líbia nesta segunda-feira (1º) a um pedido do governo líbio apoiado pela ONU, a fim de atingir o reduto do Daesh (autodenominado Estado Islâmico) em Sirte, segundo anunciou o Pentágono.

Embora os norte-americano já tenham realizado ataques aéreos sobre alvos específicos do grupo terrorista na Líbia, a ação de hoje marcou o primeiro ataque conhecido dos EUA em Sirte.

"A pedido do Governo líbio de Acordo Nacional (GAN), os militares dos Estados Unidos realizaram ataques aéreos de precisão contra alvos [do Daesh] em Sirte, Líbia, para apoiar as forças afiliadas ao GAN que procuram derrotar [o Daesh] em seu reduto principal na Líbia", disse o secretário de imprensa do Pentágono, Peter Cook, em comunicado.

Le Premier ministre libyen, Fayez al-Sarraj - Sputnik Brasil
Líbia pretende se unir à coalizão internacional para combater Daesh
Os ataques aéreos sobre a cidade "vão continuar", acrescentou Cook, sem dar mais detalhes.

O presidente norte-americano Barack Obama autorizou os bombardeios seguindo recomendações de altos funcionários do Pentágono, e os ataques foram "compatíveis com a nossa [dos EUA] abordagem de combater o [Daesh] trabalhando com forças locais capazes e motivadas", disse o secretário de imprensa.

Um alto funcionário do governo dos EUA disse que a atuação do país se limitaria a ataques aéreos e partilha de informações, e que as tropas norte-americanas não tomariam parte em quaisquer operações terrestres para apoiar o GAN. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала