Quais são os fatores da vida moderna que fazem as pessoas cometer massacres?

© AP Photo / Alastair GrantPolícia belga se prepara para a operação do final de semana na comuna Schaerbeek
Polícia belga se prepara para a operação do final de semana na comuna Schaerbeek - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Diplomata russo responde às perguntas sobre causas de atentados frequentes.

Os assassinatos com muitas vítimas têm abalado ultimamente quase todas as semanas uma série de países, como Bélgica, França e Alemanha. Nesta semana, o horrível ocorreu também no Japão. As raízes deste mal estão no terrorismo ou há uma causa ainda mais profunda? Comenta o ex-embaixador da Rússia no Japão Aleksandr Panov:

— A causa provável é que a vida é muito intensa, ela está hoje quase indissoluvelmente ligada com Internet e com exibição diária de crueldade. Entretanto, esses fenômenos estão presentes mesmo em jogos infantis. Na televisão todo o tempo alguém explode, mata, estupra. E todas essas coisas horríveis são fixadas nas mentes de pessoas quase como se fossem situações normais.

Satoshi Uematsu, suspeito de um ataque mortal em um centro para deficientes, é escoltado por policiais quando ele é levado ao Ministério Público.Sagamihara, Japão. Julho, 27, 2016 - Sputnik Brasil
Autor de massacre no centro japonês para deficientes: 'Salvei pessoas doentes'
No entanto, é impossível proibir a Internet e a liberdade de informação. Será que isso significa que um indivíduo fica colocado em uma situação em que qualquer pessoa a seu lado possa de fato ser um terrorista ou um psicopata?

— É impossível prever e controlar ações humanas. Hoje isto é claramente demonstrado pelo exemplo europeu. Não se trata agora de que a Alemanha tenha aberto suas portas a migrantes. <…> A nossa sociedade está organizada de tal modo que um homem diz abertamente o que quer e que está pronto a matar, e a sociedade fica praticamente sem mecanismos legais para impedi-lo.

No entanto, apesar das trágicas consequências das ações dos assassinos solitários, tais incidentes não podem ser chamados de assassinatos em massa. A verdadeira ameaça para o mundo de hoje é o terrorismo, que está espalhando sua influência e ideias radicais cada vez mais através da Internet.

Quando extremistas atacaram uma igreja na Normandia, o presidente francês, François Hollande, afirmou que a guerra do seu país contra o terrorismo seria longa, mas o país era obrigado a vencer. O presidente russo, Vladimir Putin, também acredita que somente através da união dos esforços de todos os países o mundo pode alcançar o sucesso na luta contra o terrorismo. A única questão é – quando irá isso acontecer?

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала