- Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Temer diz que só vai se manifestar sobre impeachment após decisão do Senado

© Marcelo Camargo/FotosPúblicasMichel Temer
Michel Temer - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (19) que não vai se manifestar em relação ao impeachment de Dilma Rousseff até o Senado apreciar o processo. É a primeira vez que Temer se pronuncia após a Câmara dos Deputados ter aprovado a admissibilidade do processo de impedimento no último domingo (19).

Presidenta Dilma Rousseff durante declaração à imprensa sobre a provação pela Câmara da abertura do processo de impeachment - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Dilma: ‘Eu me sinto injustiçada’
Ele afirmou que vai aguardar a decisão do Senado Federal “muito silenciosa e respeitosamente”.

“É o Senado que dá a última palavra sobre a matéria. Portanto, seria inadequado que eu dissesse qualquer coisa antes da solução”, disse o vice-presidente a repórteres, citado pela Agência Brasil. 

No pronunciamento de Dilma Rousseff na última segunda-feira (19), a presidenta acusou Temer de conspirar abertamente pela sua destituição da presidência.

"Acredito que é importante reconhecer que é extremamente inusitado e estranho, mas sobretudo  estarrecedor, que um vice-presidente no exercício de seu mandato conspire contra a presidenta abertamente. Em nenhuma democracia do mundo uma pessoa que fizesse isso seria respeitada. A sociedade não gosta de traidores. Porque cada um de nós sabe a injustiça e a dor que se sente quando se vê a traição no ato”, disse, ao comentar o resultado da votação na Câmara.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала