Oposicionista russo pode processar chefe da agência de notícias Rossiya Segodnya

© Sputnik / Alexey Filippov / Abrir o banco de imagensDiretor-geral da agência de notícias Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev.
Diretor-geral da agência de notícias Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Kiselev: Navalny tem o direito de iniciar um processo judicial, mas o canal Rossiya 1 continuará o tema.

O canal de televisão Rossiya 1 vai mostrar a versão completa do documentário sobre os possíveis laços entre o opositor russo e os serviços secretos britânicos, apesar das ameaças de Aleksei Navalny de processar os autores da reportagem.

Manifestante como um prisioneiro - Sputnik Brasil
Chefe da CIA comenta declarações de presidenciáveis sobre torturas
O autor e apresentador do programa Vesti Nedeli, diretor-geral da empresa pública Rossiya Segodnya, Dmitry Kiselev, disse que Aleksei Navalny tem o direito de processá-lo e o canal Rossiya 1 pela reportagem, que afirma que a inteligência britânica MI-6  financiou as atividades do opositor, e que o próprio Navalny tem ligações com o chefe do fundo Hermitage Capital, William Browder. 

Kiselev anunciou a continuação do tema no canal na próxima quarta-feira.

Antes, Navalny escreveu em seu blog que vai processar o canal Rossiya 1, Kiselev e os autores de reportagem,  por afronta à honra e dignidade.

​"Фильма про шпионов": суд с ВГТРК, Киселёвым, его "журналистами" и уголовное дело о клевете. https://t.co/2dloMDMDKo pic.twitter.com/xzjunWZgiP

"É um direto dele", disse Kiselev. "Mas na quarta-feira será exibido outro documentário de Evgeny Popov chamado 'O Efeito Browder' no programa 'Correspondente Especial' às 23h55 [de Moscou] no canal Rossiya 1, onde esse tema será continuado", adicionou ele.

Por sua vez, o canal Rossiya 1 não comentou a informação.

Avião de transporte dos EUA na base aérea da OTAN em Incirlik, na Turquia - Sputnik Brasil
CIA e inteligência turca criam centro de coordenação secreto
No domingo, o programa Vesti Nedeli do canal Rossiya 1 mostrou um documentário, no qual se afirma que as atividades do líder da oposição russa Aleksei Navalny foram financiadas pela inteligência britânica MI-6. Também foram revelados documentos e correspondência que indicam a provável ligação do opositor com o financista e chefe do fundo Hermitage, William Browder.

Na reportagem também se afirma que o financiamento de Navalny em 2008 foi realizado por meio do representante do Grupo de Helsínquia de defesa dos direitos humanos (Moscow Helsinki Group), mas Navalny não conhecia a origem do dinheiro. A chefe do MHG, Lyudmila Alekseeva, mais tarde desmentiu esta informação.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала