Ossétia do Sul planeja referendo para possível integração à Rússia

© AFP 2022 / MIKHAIL MORDASOVManifestantes em Tskhinvali, capital da Ossétia do Sul
Manifestantes em Tskhinvali, capital da Ossétia do Sul - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O líder da república da república separatista da Geórgia, Ossétia do Sul, Leonid Tibilov, declarou que as autoridades da região planejam organizar um referendo sobre a adesão da república à Rússia.

Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova - Sputnik Brasil
‘Crimeia abandonou a Ucrânia por sua própria iniciativa’
O referendo, planejado para acontecer nos próximos meses, permitiria ao presidente da república a recorrer ao Governo russo com a iniciativa de aderir à Federação Russa. 

Em 31 de março, o líder da Ossétia do Sul, Leonid Tibilov, visitou Moscou para se reunir com o presidente russo, Vladimir Putin, e discutiu a manutenção da estabilidade e da segurança na região Transcaucásia.

De acordo com Tibilov, para realizar o referendo, é necessário implementar algumas alterações na Constituição da República.

Ele explicou que as alterações ao artigo 10 da Lei Básica devem dar ao presidente "o direito de apresentar ao presidente da Rússia a proposta de criar um único organismo aliado, ao qual a direção seria encaminhada". "Através desta ação, preservamos os risco políticos que a Rússia poderia ter durante o processo de incorporação", disse o líder.

Presidente da Ossétia do Sul Leonid Tibilov e o presidente da Rússia Vladimir Putin durante a reunião em Kremlin, Moscou - Sputnik Brasil
Ossétia do Sul quer reunificação com Rússia
Ele ressaltou que o referendo seria realizado em um futuro próximo, "não dentro de um ou dois anos, nem dentro de meio ano", disse Ttibilov.

Ossétia do Sul, assim como a região da Abecásia, declarou sua independência em Agosto de 2008, após a agressão armada da Geórgia.

Em 26 de agosto de 2008, a Rússia reconheceu a soberania de ambas as regiões. Moscou afirmado repetidamente que o reconhecimento da independência das antigas entidades da Geórgia reflete a realidade atual da região e não pode ser revista.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала