Oposição síria: Daesh desaparecerá em três meses com formação de novo governo

© Sputnik / Ilia Pitalev / Abrir o banco de imagensMultidão assista à conferência de paz
Multidão assista à conferência de paz - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O assessor supremo do Alto Comitê de Negociações (ACN) sírio, Bader Jamus, declarou que nem o Ocidente, nem a Rússia, estão em condições de resolver o problema do terrorismo na Síria, pois é uma tarefa que diz respeito ao seu povo.

“Só o povo sírio, nem os russos, nem os norte-americanos, nem o Ocidente são capazes de resolver esse problema, somento nós podemos fazê-lo”, disse o político. 

Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova - Sputnik Brasil
Chancelaria da Rússia explica caráter 'repentino' da retirada de forças da Síria
Segundo ele, “esta questão só pode ser resolvida mediante a criação de um organismo supremo de direção, a União do Governo e nós em apenas uma entidade”.

Jamus assegurou que, uma vez formado o novo Governo, “o Estado Islâmico (Daesh) desaparecerá em três meses do território sírio”. 

O grupo terrorista Estado Islâmico, proibido em uma série de países, inclusive na Rússia, é combatido na Síria pelas forças governamentais, assim como pelas milícias curdas e a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

A Rússia também iniciou uma operação das Forças Aéreas do país na Síria em 2015 para atacar posições de grupos terroristas a pedido do presidente sírio, Bashar Assad. 

Na última segunda-feira (17), o presidente russo, Vladimir Putin, ordenou a retirada parcial das forças russas por ter cumprido os objetivos da missão no país árabe. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала