Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Japão freia deslocamento da base norte-americana

© AFP 2021 / TOSHIFUMI KITAMURAAviões e helicópteros na Estação Aérea da Unidade Naval de Futenma, Ginowan, província de Okinawa
Aviões e helicópteros na Estação Aérea da Unidade Naval de Futenma, Ginowan, província de Okinawa - Sputnik Brasil
Nos siga no
As autoridades do Japão deixarão de aumentar a largura da faixa litoral na distrito de Henoko, da cidade costeira de Nago, na prefeitura de Okinawa, para deslocar a base norte-americana Futenma, disse na sexta-feira (4) o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe.

“O governo decidiu aceitar o plano de resolução [deste assunto] que foi proposto pelo tribunal”, informou a agência noticiosa japonesa Kyodo, citando a respectiva declaração do premiê japonês.

Cartaz do Tio Sam no centro turístico de Koza, perto da base aérea norte-americana, Okinawa, Japão - Sputnik Brasil
Futenma: será que japoneses poderão libertar-se da maldição norte-americana?
O plano proposto pelo tribunal prevê a cessação de litígios entre as autoridades da prefeitura de Okinawa e o governo central.

Além disso, são previstas as consultas no âmbito das quais as partes terão de elaborar uma decisão final.

“Apesar de tudo isso, consideramos que o deslocamento da base norte-americana para a região de Henoko é a única opção possível”, acrescentou Abe, sublinhando que tenciona cooperar com as autoridades da prefeitura de Okinawa para tomar a decisão final.

A Estação Aérea da Unidade Naval de Futenma é considerada como uma das bases militares mais perigosas do mundo porque fica perto de uma zona residencial e ameaça a saúde da população. Segundo o acordo bilateral de 2006, foi decidido deslocar a base para Henoko, que fica na cidade costeira de Nago. Mas para deslocá-la para Henoko é necessário aumentar a largura da faixa litoral em cerca de 160 hectares. A população se manifesta contra este passo devido ao possível dano causado aos recifes de coral. Além disso, o deslocamento da base no território de uma prefeitura, na opinião da população local, não diminui o problema de bases militares norte-americanas. O problema é que a prefeitura de Okinawa ocupa somente 0,6% do território japonês mas hospeda cerca de 74% de território de todos os bases militares dos EUA que ficam no Japão.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала