Aviação da Síria destruiu quase 1700 instalações terroristas desde final de dezembro

© Sputnik / Dmitriy Vinogradov / Abrir o banco de imagensMiG-23 da Força Aérea Síria pousa na base aérea de Hama
MiG-23 da Força Aérea Síria pousa na base aérea de Hama - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O comando do exército da Síria anunciou nesta quarta-feira (20) que desde o final de dezembro de 2015 a Força Aérea do país já destruiu 1662 instalações de grupos terroristas atuantes em seu território.

“A aviação síria destruiu 1662 alvos de organizações terroristas nas regiões de Damasco, Homs, Hama, Idlib, Aleppo e Deir ez-Zor … Tendo realizado 481 missões no período entre os dias 27 do mês anterior até os dias atuais" — disse a nota.

O comunicado destacou que na província de Idlib foi destruído um quartel de comando responsável por gerenciar lançamentos de mísseis terroristas, além de  outros 4 postos de comando e uma fábrica subterrânea de munições.

Grupo aéreo russo na base de Hmeymim, na Síria - Sputnik Brasil
Aviação russa bombardeou 1.097 instalações dos terroristas na Síria em 2016
Já em Aleppo, a aviação síria destruiu três depósitos de armamentos, um posto de comando e algumas dezenas de SUVs equipadas com metralhadoras.

O relatório do comando militar destacou que exército da Síria continua avançando simultaneamente em diversas províncias do país, mediante o apoio de milícias populares e da aviação da Rússia.  

Os recentes avanços do exército sírio resultaram na libertação de 15 povoados na província de Hama e na destruição da principal base dos terroristas na cidade de Salma, no norte do província Latákia.

Segundo um relatório divulgado em junho do ano passado pela agência das Nações Unidas, a guerra civil na Síria já matou, desde março de 2011, quando começou o conflito, mais de 230 mil pessoas, e fez com que mais de 11 milhões deixassem o país árabe. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала