Príncipe saudita descarta confronto direto com o Irã

© REUTERS / StringerO vice-príncipe herdeiro e ministro da Defesa da Arábia Saudita Mohammad bin Salman
O vice-príncipe herdeiro e ministro da Defesa da Arábia Saudita Mohammad bin Salman - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O vice-príncipe herdeiro da Arábia Saudita Mohammad bin Salman negou nesta semana qualquer possibilidade de o seu país entrar em conflito armado com o Irã, apesar da gravidade das tensões entre as duas potências regionais.

Chamas sobem a partir da embaixada da Arábia Saudita durante uma manifestação em Teerã - Sputnik Brasil
Ex-general dos EUA: Arábia Saudita e Irã podem entrar em guerra
"Isso é algo que nós não prevemos de maneira alguma. E quem estiver procurando isso não está em seu juízo perfeito. Pois uma guerra entre a Arábia Saudita e o Irã seria o início de uma grande catástrofe na região, que iria refletir profundamente no resto do mundo. Certamente, nós não vamos permitir esse tipo de coisa", afirmou o príncipe em entrevista ao The Economist, publicada na última quarta-feira. 

Os comentários de Mohammad bin Salman, que também exerce o cargo de ministro da Defesa do seu país, tem como pano de fundo a atual crise entre Riad e Teerã, que decidiram romper os laços oficiais após uma série de ataques a representações diplomáticas da Arábia Saudita no Irã, provocados pela execução do proeminente clérigo xiita Nimr al-Nimr e de outras 46 pessoas, por Riad, no último sábado. 

Rejeitando as acusações de arbitrariedade por parte das autoridades sauditas no caso das execuções em massa, o príncipe culpou a reação iraniana pelos atuais desentendimentos entre os dois países, mas disse esperar que a república islâmica não se torne o principal inimigo da Arábia Saudita. 

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала