Líder da Chechênia exorta líderes muçulmanos à união contra Estado Islâmico

© Sputnik / Saiid TsarnayevLíder da Chechênia, Ramzan Kadyrov
Líder da Chechênia, Ramzan Kadyrov - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O líder da Chechênia, Ramzan Kadyrov, instou os líderes dos países muçulmanos a unirem forças contra o grupo terrorista Estado Islâmico.

"Eu julgo ser meu dever fazer um apelo direto aos líderes da Arábia Saudita, Qatar, Kuwait, Bahrein, Omã, Emirados Árabes Unidos, Jordânia, Marrocos, Argélia, Turquia, Irã, Malásia, Indonésia e Paquistão… Quanto tempo vocês vão ficar sentados assistindo a Ummah [comunidade] do Profeta Maomé sendo destruída? Por que vocês não se reúnem e discutem este problema? Por que vocês não tomam medidas para conter o Estado Islâmico? Por que vocês não estão dizendo aos EUA e a seus aliados: ‘Basta!’?”, disse Kadyrov, citado por seu serviço de imprensa.

Hillary Clinton - Sputnik Brasil
Hillary Clinton não apoiaria declaração de guerra contra o Estado Islâmico
Afirmando ainda que os EUA usaram a chamada Primavera Árabe como um pretexto para atiçar as tensões da guerra civil na Líbia, Tunísia, Síria, Iêmen e Egito, o líder checheno ressaltou que a unidade é a chave para resolver todos os principais problemas do mundo.

"Há 1,5 bilhão de nós vivendo lá fora! Somos jovens, saudáveis e corajosos e se agirmos juntos seremos invencíveis! Em nome de Allah todo-poderoso, peço-lhes para pensar sobre o que está acontecendo, encontrar uma forma de reconciliação e elaborar um mecanismo de contenção de nosso inimigo comum", acrescentou Kadyrov.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала