Aviação britânica só espera aval do Parlamento para atacar na Síria

© flickr.com / Defence ImagesRAF Tornado GR4 Jet Taking Off During Ex Red Flag in the USA
RAF Tornado GR4 Jet Taking Off During Ex Red Flag in the USA - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A aviação do Reino Unido está pronta para bombardear posições do Estado Islâmico na Síria desde que haja aprovação do Parlamento, informou nesta sexta-feira o jornal The Times, citando um representante da Força Aérea.

Tropas sírias controlam Harasta. - Sputnik Brasil
Tropas sírias avançam sobre posições extremistas e militantes fogem rumo à Turquia
"O objetivo continua o mesmo: o Estado Islâmico. Temos uma grande experiência de ataques contra eles (…) e agora faríamos o mesmo na Síria", afirmou o comandante Martin Sampson, que disse ainda que as tripulações dos caças Tornado estão dispostas a realizar qualquer missão militar "desde que os políticos considerem necessário."

O oficial assegurou que os ataques da aviação britânica seriam bem vistos pelos aliados da coalizão liderada pelos EUA e poderiam mudar favoravelmente a situação no campo de batalha.

Terroristas na Síria - Sputnik Brasil
Comandantes do Estado Islâmico propõem tréguas ao exército da Síria
Em setembro de 2014, os EUA e seus aliados começaram a realizar ataques aéreos contra posições do grupo terrorista Estado Islâmico na Síria, mesmo sem permissão do governo sírio ou um aval do Conselho de Segurança da ONU.

Vários países — inclusive a Rússia — criticaram as ações da coalizão na Síria por causa de sua ineficácia, em particular porque o território controlado pelos terroristas aumentou  consideravelmente durante o último ano.

Em 30 de setembro, a Rússia, por solicitação do Presidente Bashar Assad, começou a realizar ataques pontuais a instalações do Estado Islâmico na Síria, com uso de сaças Su-25, Su-24M, Su-34, e Su-30.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала