Governo de Montenegro acusa Rússia de apoiar protestos da oposição nos Bálcãs

© AFP 2022 / SAVO PRELEVICSecretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg (esquerda) e primeiro-ministro de Montenegro, Milo Djukanovic, em Podgorica
Secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg (esquerda) e primeiro-ministro de Montenegro, Milo Djukanovic, em Podgorica - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O primeiro-ministro de Montenegro, Milo Djukanovic, acredita que a Rússia está apoiando a oposição montenegrina com o objetivo de impedir a integração do país à OTAN.

Protestos em Podgorica (Montenegro) - Sputnik Brasil
O que realmente acontece em Montenegro?
Uma série de protestos populares tomou a república balcânica nos últimos dias, com manifestantes exigindo a renúncia de Djukanovic devido a acusações de fraude eleitoral e corrupção. 

Após os protestos terem sido dispersados, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia classificou como lamentáveis as ações do governo montenegrino contra a liberdade de expressão e disse que a situação sugeria a ideia de que uma adesão acelerada à OTAN previa ao mesmo tempo a repressão de abordagens alternativas no país.

"Não há dúvidas, após duas mensagens do Ministério russo das Relações Exteriores, de que a política russa está do lado dos organizadores do protesto", disse Djukanovic em entrevista à televisão federal bósnia na quarta-feira (21).

De acordo com o primeiro-ministro, Moscou quer impedir não só a adesão de Montenegro à Aliança militar ocidental, mas também a de outros países dos Balcãs.

"A cessação da expansão da OTAN nos Balcãs é um objetivo oficial da política de Estado da Rússia", afirmou o premiê montenegrino.

F-117 visto perto de Kosovo em 4 de abril de 1999 - Sputnik Brasil
‘OTAN para nós não é amigo, mas sim uma organização que tem nosso sangue nas mãos’
No início de outubro, os Estados Unidos anunciaram a disposição de acelerar a adesão de Montenegro à OTAN para dezembro. A oferta foi sugerida por Washington durante uma reunião de chanceleres da Aliança, mas à condição de que o país balcânico deveria continuar a implementar reformas e a trabalhar para aumentar o apoio da população à adesão à OTAN.

A Rússia, por sua vez, tem expressado constantemente sua preocupação com a crescente presença militar da Aliança ocidental no Leste Europeu, advertindo que a situação pode ameaçar a estabilidade regional e global.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала