Exército sírio avança no combate ao terrorismo

© Sputnik / Abrir o banco de imagensSoldados do Exército sírio na cidade de Atshan libertado dos terroristas com apoio de aviação russa, província de Homs, Síria, 13 de outubro de 2015
Soldados do Exército sírio na cidade de Atshan libertado dos terroristas com apoio de aviação russa, província de Homs, Síria, 13 de outubro de 2015 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O exército sírio, no âmbito da operação na província de Homs (oeste da Síria) liquidou sete militantes que ocupavam postos de comandantes no grupo terrorista Ahrar al-Sham, informa a agência noticiosa síria SANA citando uma fonte militar.

Ahrar al-Sham é um grupo salafita criado no início da guerra civil síria em resultado da fusão de quatro outros grupos islamistas. O grupo recebia apoio de financiadores estrangeiros e agora é parte importante da associação Jaish al-Fatah, que atua no noroeste da Síria.

Soldados sírios - Sputnik Brasil
Exército sírio matou uma centena de militantes do Estado Islâmico em Deir ez-Zor
Segundo os dados da agência, entre os militantes mortos em resultado do assalto à aldeia de al-Samalil estavam o líder terrorista local Ammar al-Khodr e um terrorista de origem chechena conhecido como Abo Anas, informa a agência noticiosa síria SANA, citando uma fonte militar.

A SANA destaca que os terroristas confirmaram nas redes sociais a morte de sete militantes, inclusive do comandante do grupo, Abdullah Barakat.

Durante as últimas 24 horas aconteceram confrontos violentos entre o exército sírio e terroristas na província de Hama. Segundo a fonte, pelo menos 12 terroristas foram mortos. Também durante a operação especial do exército sírio, perto do sopé da montanha Sidi Ali, foram liquidados mais 17 terroristas da Jaish al-Fatah.

Exército sírio está preparando para a ofensiva de grande escala na província de Hama, Síria - Sputnik Brasil
Exército sírio destrói base da Frente al-Nusra em Hama
Os soldados do exército sírio conseguiram destruir 10 veículos blindados, alguns dos quais estavam equipados com metralhadoras pesadas, nos arredores da cidade de Khan Sheikhoun.

Desde março de 2011, a Síria é palco de um conflito armado que já custou 250 mil vidas, de acordo com estimativas da ONU. As tropas do governo sírio enfrentam diferentes fações armadas, incluindo os terroristas do Estado Islâmico e da Frente al-Nusra.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала