Exército sírio matou uma centena de militantes do Estado Islâmico em Deir ez-Zor

© Sputnik / Michael Alaeddin / Abrir o banco de imagensSoldados sírios
Soldados sírios - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Fontes do governo sírio informaram nesta quarta-feira (14) que o Exército do país matou, aproximadamente, 100 militantes do Estado Islâmico em Deir ez-Zor nas últimas 24 horas. Os confrontos mais intensos aconteceram próximo ao aeroporto local.

Caça bombardeiro tático russo Su-24 - Sputnik Brasil
Aviação russa realiza 41 voos combatendo Estado Islâmico na Síria
Posições extremistas na Câmara Municipal e em um tribunal na zona rural da cidade, a maior da parte oriental da Síria, também foram atacadas pelos militares. Um grupo de militantes morreu e três carros explodiram. Fontes locais afirmaram que 93 corpos de extremistas foram enterrados em valas comuns, em Mahassan.

As forças leais ao presidente sírio, Bashar Assad, também teriam destruído um carro do grupo jihadista com sete extremistas em uma estrada em al-Mrei'iyeh. Todos morreram, incluindo um alto comandante em Mahassan, Hassan al-Hamdi aka Abui Odai.

Pelo ar, o Estado Islâmico também continua sofrendo baixas. Os ataques aéreos russos atingiram 40 alvos nesta quarta-feira em Aleppo, Idlib, Latakia e Hama.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала