Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Obama: integridade territorial da Ucrânia é necessária para resolver conflito

Nos siga no
O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que o conflito na Ucrânia só pode ser resolvido de forma pacífica se a integridade e a soberania territoriais do país forem garantidas.

Barack Obama e Angela Merkel em encontro com cidadãos alemães antes da cúpula do G7 - Sputnik Brasil
G7: retorno em breve da Rússia é impossível, diz Merkel
O conflito na Ucrânia só pode pode ser resolvido de forma pacífica se a integridade e a soberania territoriais do país forem garantidas, disse o Presidente Barack Obama neste domingo.

A cúpula do G7, formado por Alemanha, Canadá, EUA, França, Reino Unido, Itália e Japão, foi iniciada neste domingo, no hotel Schloss Elmau, no sul da Alemanha. Obama tinha agendada uma conversa com o primeiro-ministro britânico David Cameron em um dos intervalos do encontro.

“Acreditamos que pode haver uma solução pacífica e diplomática para esse problema, mas exigirá que a Europa, os Estados Unidos e a Parceria Transatlântica, bem como o mundo, continue vigilante e concentrado na importância de da manutenção dos princípios de soberania e integridade territorial”, disse Obama antes de encontrar-se com Cameron, informou o serviço de imprensa da Casa Branca.

Josh Earnest, porta-voz da Casa Branca - Sputnik Brasil
Casa Branca: sanções antirrussas continuarão apesar de consequências à economia da UE
O presidente dos EUA afirmou ainda que o Ocidente deve manter as sanções antirrussas para pressionar Moscou e os grupos independentistas no leste da Ucrânia a implementarem plenamente os Acordos de Minsk.

O conflito ucraniano começou em abril de 2014, quando Kiev lançou uma campanha militar para abafar as manifestações de Donbass, que se recusava a reconhecer um governo imposto por um golpe de estado. Os EUA, a União Europeia e vários outros países acusaram a Rússia de inflamar o conflito e, por isso, impuseram sanções.

Moscou sempre negou as acusações e tomou parte ativa em esforços internacionais para encontrar uma solução no conflito.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала