Torcedores brasileiros perto do estádio moscovita de Spartak, antes do jogo Brasil-Sérvia, em 27 de junho de 2018

'A gente não espera nada além do hexa', diz torcedor brasileiro na Rússia

© Sputnik / Ekaterina Nenakhova
Notícias sobre a Copa do Mundo 2018
URL curta
211

A torcida da Seleção Canarinho sempre tem expectativas altas. Acompanhando o time brasileiro na Rússia, o caso de Rafael Lipener não é diferente. Ele diz esperar uma final contra a Espanha em Moscou, no dia 15 de julho.

"Da seleção brasileira, a gente não espera nada além do hexa. O hexa vai vir, é uma realidade já. Agora o Brasil só não pode subestimar os adversários, achando que já ganhou", afirma à Sputnik Brasil. 

Membro da torcida organizada Movimento Verde Amarelo, grupo que afirma ter criado o canto "Único Penta é o Brasilzão" (créditos no Facebook: Luiz Carvalho / Movimento Verde Amarelo), Lipener diz que está feliz com a repercussão daquele que tem sido o hino da campanha do Brasil na Rússia. "Foi muito marcante. A seleção tem gostado muito, os jogadores postam nas redes sociais. O próprio Neymar postou! A gente tem que aproveitar sempre esses momentos, porque é quando a gente consegue reunir todos os torcedores para cantar juntos. A gente não vai parar, vamos fazer o possível e mostrar aos jogadores que eles não estão sozinhos."

Lembrando os heróis das Copas vencidas pela Seleção Brasileira, a canção ganhou força com a eliminação da Alemanha, único time que poderia se igualar ao Brasil em número de títulos se conquistasse a competição.

Encantado com o Mundial, Rafael elogia a organização do evento. "está muito boa, sem filas. O aeroporto é muito organizado. Os metrôs são fantásticos, as estações parecem museus", ressalta.

Além disso, o torcedor está emocionado com a receptividade da população. "É muito legal que o Brasil é a camisa mais reconhecida do mundo no futebol. A gente vai fazendo festa, barulho nos lugares e gente do mundo inteiro tenta entrar junto. O único problema dos russos é que eles não entendem nada de português, nem nós de russo. Mesmo assim eles querem tirar fotos, cantar e dançar. Então é uma receptividade muito legal", diverte-se.

Mais:

Alemanha repete tabu e Brasil se classifica em primeiro em mais um dia de Copa do Mundo
Alemanha dá vexame e Brasil confirma favoritismo no grupo: o dia da Copa em fotos
Hotel é evacuado em cidade-sede da Copa por ameaça de bomba
Dia de fortes emoções na Copa do Mundo, com a definição de novos confrontos nas oitavas
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik