Diretor geral da estatal Arkady Trachuk mostra a marca d'água da cédula de 100 rublos emitida especialmente para a Copa do Mundo de 2018 pelo banco central da Rússia.

Rússia apresenta cédulas de rublo especiais para a Copa do Mundo (FOTO)

© REUTERS / Sergei Karpukhin
Notícias sobre a Copa do Mundo 2018
URL curta
0 71

O Banco Central da Rússia apresentou nesta terça-feira (22) uma cédula comemorativa de 100 rublos para a Copa do Mundo de 2018.

"Nós estamos lançando uma cédula temática sobre futebol pela primeira vez. Tradicionalmente, seu valor é de 100 rublos", afirmou a vice-presidente do Banco Central, Olga Skorobogatova.

Ela afirmou que as cédulas estarão disponíveis por toda a Rússia até o final de junho. "Ainda hoje, cédulas comemorativas já foram enviadas às nossas filiais em Moscou, São Petersburgo, Volgogrado, Krasnodar e Samara. Em maio e junho, as cédulas serão enviadas a todas as regiões da Rússia", disse Olga.

Banco Central da Rússia emitiu cédulas especiais para a Copa do mundo de 2018.
© REUTERS / Sergei Karpukhin
Banco Central da Rússia emitiu cédulas especiais para a Copa do mundo de 2018.

O banco Central da Rússia planeja emitir um total de 20 milhões de cédulas.

O design das cédulas apresenta um garoto segurando uma bola em uma das faces, enquanto observa o lendário goleiro da extinta União Soviética, Lev Yashin fazendo uma defesa. No verso da cédula está um um bola de futebol que simboliza o globo, ressaltando o mapa da Rússia em seu desenho. 

As 11 cidades que serão sedes do torneio estão com seus nomes escritos abaixo do desenho.

A intenção do Banco Central de emitir cédulas comemorativas foi apresentada ainda em novembro de 2017. Além das cédulas, 3 moedas de prata e outras 25 em metais base. A primeira Copa do Mundo a ser sediada pela Rússia acontecerá entre os dias 14 de Junho e 15 de Julho em 12 estádios sediados em 11 cidades.

Mais:

Daesh ameaça Copa do Mundo FIFA 2018 com fotos de Messi decapitado
Diplomacia da Ucrânia alerta cidadãos a não irem à Copa do Mundo da Rússia
Copa do Mundo onipresente: astronautas jogarão futebol no espaço
Especialista: se evitar 'oba-oba', Brasil tem tudo para fazer uma Copa do Mundo excelente
Tags:
Copa do Mundo Rússia 2018, Banco Central da Rússia, FIFA, Olga Skorobogatova, Rússia
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik