04:54 22 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    © Sputnik .

    A visita oficial do presidente dos EUA, Barack Obama, à Argentina coincidiu com os 40 anos do golpe de Estado no país. Em Buenos Aires, manifestantes realizaram protestos contra a vista do líder norte-americano.

    Com faixas e cartazes que diziam “Fora Obama” e “Não é bem-vindo”, os movimentos de esquerda e movimentos sociais reuniram cerca de 2 mil pessoas em uma passeata que se dirigiu para a embaixada dos EUA em Buenos Aires. No auge do protesto, bandeiras dos EUA foram queimadas. 

    Mais:

    Michelle Obama é criticada por omitir Mães e Avós de Maio em discurso na Argentina
    ‘Derrotar Daesh é prioridade número 1”, diz Obama
    Obama diz que Brasil é maduro para resolver crise
    Macri recebe Obama em visita oficial à Argentina
    Tags:
    golpe de Estado, bandeira, Barack Obama, EUA, Buenos Aires, Argentina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik

    Mais vídeos