18:20 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    0 101
    Nos siga no

    A Unesco incluiu as ruínas da Babilônia, uma das primeiras cidades da civilização humana, na lista de Patrimônio Mundial.

    A Babilônia está localizada nos arredores da moderna cidade de Hilla, a 90 quilômetros ao sul de Bagdá, a capital do Iraque.

    O ministro da Cultura e do Turismo do Iraque, Abdel Amir Hamdani, afirmou que após a decisão a restauração da antiga Babilônia já foi iniciada.

    "Ao retornar de Baku [onde decorreu a reunião da Unesco], formamos grupos arqueológicos especializados no terreno para proteger os templos, restaurar a cidade antiga e eliminar os fatores negativos", afirmou Hamdani à Sputnik.

    Este ano foram destinados US$ 49 milhões (R$ 205 milhões) para o processo de restauração da Babilônia, e a mesma quantia será alocada nos próximos quatro anos.

    Uma imagem da antiga Babilônia
    © CC0 / Pixabay
    Uma imagem da antiga Babilônia

    Em primeiro lugar, o dinheiro é necessário para comprar a propriedade privada que está localizada na cidade. Em segundo lugar, será preciso trabalhar nas margens do rio Eufrates, que flui pela cidade. Em terceiro lugar, a infraestrutura turística será reconstruída para receber os visitantes.

    "A Babilônia é uma das cidades mais antigas do mundo. É uma fonte de civilização humana, que foi merecidamente incluída na lista de Patrimônio Mundial da Unesco. No entanto, é uma decisão muito tardia, devido às ações errôneas no passado, como o cuidado pouco científico dos monumentos históricos", afirmou Hamdani.

    O ministro também adicionou que estão trabalhando no projeto para criar um novo museu do Iraque, que será maior que o atual. As salas serão ampliadas, ficando condizente com a grande civilização iraquiana.

    Mais:

    'Retirar-se do planeta Terra': chanceler iraniano ironiza saída dos EUA e Israel da UNESCO
    'Chirac recebeu propina de Saddam para ser contra guerra do Iraque', diz ex-diretor do MI6
    Síria e Iraque abrem posto fronteiriço pela 1ª vez desde 2013
    Tags:
    história, restauração, Patrimônio da Humanidade, humanidade, Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, UNESCO, Babilônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar