07:36 17 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Adolf Hitler

    'Nota de suicídio' de Hitler, em que ele recusa deixar Berlim, será leiloada

    © Sputnik / Reserva da RIA Novosti
    Sociedade
    URL curta
    311

    O telegrama nazista vai ser leiloado no fim de abril. A nota foi escrita por Hitler para Schorner que, naquela época era o comandante do exército alemão.

    O jornal Daily Mail partilhou a tradução de alguns trechos dessa que é considerada a "nota de suicídio" do líder nazista. 

    O marechal Ferdinand Schorner enviou a nota histórica para seu comandante favorito, em que apelou Hitler a deixar a capital cercada.

    Por sua vez, o líder nazista recusou deixar Berlim, para ser visto como um dirigente corajoso, apenas alguns dias antes de pôr termo à vida. 

    No documento está escrito: "Vou permanecer em Berlim, para participar, de forma honrosa, da batalha decisiva pela Alemanha e para dar um bom exemplo a todos os restantes."

    Além disso, Hitler apelou aos que ficaram na cidade a se empenhar para alcançar a vitória na batalha de Berlim. 

    "Para o resto de vocês, todo esforço deve ser feito para vencer a batalha de Berlim. Vocês podem ajudar decisivamente, impelindo para o norte o mais cedo possível", escreveu nazista principal.

    O diretor da casa de leilões, Bill Panagopulos, disse: "Não há outra prova manuscrita das intenções de Hitler de ficar (e morrer) em Berlim que alguém tenha sido capaz de localizar."

    "Essa é essencialmente a 'nota de suicídio' de Hitler. Nela, ele tenta se apresentar como um líder corajoso até ao fim, quando, na verdade, ele entrou no quarto e disparou uma bala na cabeça", informou Panagopulos. 

    O material também inclui a transcrição da carta de Schorner para Hitler, em que ele apela ao líder nazista para escapar da capital.

    ​A "nota de suicídio" de Adolf Hitler, em que ele se recusa a fugir de Berlim, será leiloada por 70.000 libras [R$ 350 mil].

    Em 26 de abril, dois dias depois de Hitler ter enviado sua resposta para Schorner, o líder nazista teve a oportunidade de abandonar Berlim, que ele rejeitou. Talvez ele esperasse que, por algum milagre, Schorner conseguisse sair da Checoslováquia para libertar Berlim.

    Hitler e sua companheira de longa data Eva Braun se suicidaram em 30 de abril de 1945.

    O leilão vai ter lugar de 30 de abril a 1º de maio. O preço do documento é estimado entre US$ 60 mil e 90 mil (R$ 239 mil e 358 mil).

    Mais:

    FOTOS raras de Hitler da década de 1920 são reveladas
    Piloto de Hitler lança luz sobre último dia do líder nazista
    Novas revelações sobre Hitler: líder nazista não queria ver extermínio dos judeus
    Tags:
    Adolf Hitler, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar