06:16 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Fronteira entre Bulgária e Turquia

    Bulgária apreende quase 300kg de heroína em caminhão vindo do Irã

    © AFP 2019 / DIMITAR DILKOFF
    Sociedade
    URL curta
    0 0 0
    Nos siga no

    Autoridades alfandegárias da Bulgária apreenderam mais de 288 quilogramas de heroína escondida em um caminhão proveniente do Irã, segundo informaram procuradores locais nesta quinta-feira. 18.

    O carregamento é o maior do tipo confiscado na fronteira do país europeu neste ano. De acordo com informações reproduzidas pela AFP, dois homens foram presos na operação. Um deles, cidadão iraniano, é quem estava dirigindo o veículo no momento da apreensão, enquanto o outro, de cidadania turca, é quem receberia a carga. Os dois podem pegar de 15 a 20 anos de prisão pelo crime. 

    A droga apreendida, segunda as autoridades, estava guardada em 144 pacotes escondidos em compartimentos de uma máquina de pintura por spray levada no caminhão. Ela foi encontrada quando o veículo foi radiografado ao entrar na Bulgária pela Turquia, no posto de fronteira de Kapitan Andreevo, no último domingo. Mas a apreensão só foi anunciada hoje.

    A Bulgária, que se encontra na chamada rota de drogas dos Balcãs, do Oriente Médio para a Europa Ocidental, registrou um aumento de várias vezes nas apreensões de heroína nos últimos três anos. Em 2018, a alfândega confiscou um total de 994 quilos de heroína nas fronteiras do país, um aumento de 13% em relação a 2017.

    Mais:

    'Idiotas': Duterte volta a atacar tribunal que questiona sua letal guerra contra as drogas
    Descriminalizar as drogas pode ser a 'bala de prata' contra o PCC no Brasil?
    Motorista é pego em blitz com teste positivo para 'todos os tipos de drogas possíveis'
    Todas as drogas deveriam ser descriminalizadas, diz autoridade de saúde pública de Toronto
    PF conduz grande operação de combate ao tráfico internacional de drogas
    Tags:
    heroína, drogas, Europa Ocidental, Bálcãs, Oriente Médio, Irã, Kapitan Andreevo, Bulgária, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar