03:57 20 Janeiro 2019
Ouvir Rádio
    Uma carta (imagem ilustrativa)

    Сarta tocante de soldado chega a sua amada 77 anos depois

    CC0 / Pixabay/WerbeFabrik
    Sociedade
    URL curta
    170

    A edição Metro contou a história de uma moradora britânica que há pouco recebeu uma carta escrita por seu noivo em 1941.

    Segundo a publicação, Phyllis Ponting, de 99 anos, recebeu uma carta encontrada no fundo do Atlântico. O autor da carta era seu noivo Bill Walker, militar do Regimento de Wiltshire, que morreu no naufrágio de um navio na Segunda Guerra Mundial.

    Em 1941, Phyllis enviou uma carta a ele, na qual propunha casarem. Mas nunca recebeu resposta e ela se casou com outro homem. A mulher tem quatro filhos e sete bisnetos. Em uma conversa com jornalistas, ela explicou que tomou consciência da morte de seu noivo quando ele não retornou após o fim da guerra.

    "Eu não posso acreditar que a carta estava no fundo do mar, e agora eu posso lê-la", diz ela espantada. Na carta, Bill escreve como está feliz pelo futuro casamento.

    "Eu queria que você estivesse comigo quando eu li sua a carta. Eu soluçava, não podia controlar as emoções. Se você soubesse quanta felicidade você me deu, querida", diz-se na carta agora encontrada.

    A missiva foi encontrada durante uma operação da empresa Odyssey Marine Exploration, que está envolvida na busca de objetos deixados no fundo do mar após grandes naufrágios.

    Juntamente com um envelope de Walker, os especialistas encontraram mais 700 cartas. Todas elas se tornaram parte da exposição chamada Voices From the Deep no Museu Postal de Londres. O curador do museu explica como foi possível o papel se ter preservado.

    As cartas "não deveriam se ter preservado, mas porque não havia luz, não havia oxigênio, era escuridão, era como colocar uma coleção de coisas orgânicos em uma lata, selá-la e colocá-la em uma geladeira", explica.

    Mais:

    Confira a história do soldado japonês que permaneceu na Rússia após Segunda Guerra Mundial
    Amor em tempos de guerra: morador do Missouri casa com menina de Donetsk (FOTOS, VÍDEO)
    Tags:
    soldado, carta, Segunda Guerra Mundial, Grã-Bretanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik