02:15 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Mulheres de burca (imagem de arquivo)

    Segundo cantão suíço vota por banimento da burca em espaços públicos

    © AFP 2018 / Shah Marai
    Sociedade
    URL curta
    230

    Após episódio semelhante ocorrido em Ticino, a população de mais um cantão suíço foi às urnas neste domingo demonstrar apoio à iniciativa das autoridades de proibir o uso de burcas ou outros acessórios que cobrem o rosto dos cidadãos.

    Em votação realizada no cantão de St. Gallen hoje, 67% dos participantes disseram ser a favor da proibição, segundo informou a mídia local

    Uma lei adotada no ano passado na região prevê multas para pessoas que utilizarem trajes que cubram o rosto, deixando-as irreconhecíveis em espaço público, o que, segundo as autoridades, poderia colocar em risco a segurança pública ou a paz social e religiosa. A medida foi aprovada pelo parlamento regional com forte apoio dos partidos da direita e do centro. Os rivais, no entanto, do Partido Verde e dos Jovens Socialistas, pediram que a questão fosse colocada em votação, para que a população suíça pudesse exercer o seu direito de participação direta no sistema democrático. 

    Mais:

    Analistas comentam proibição de véu: 'Europa luta para lidar com regras da fé islâmica'
    Mulher é multada na Dinamarca por usar véu islâmico
    Irã: mulher é condenada a 2 anos de prisão por tirar véu islâmico em público
    Mulher vestindo véu islâmico é agredida na Alemanha
    Tags:
    muçulmanos, burca, Véu, Ticino, St. Gallen, Suíça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik