08:43 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Estação de rádio (imagem ilustrativa)

    Irlandês sintoniza rádio norte-coreana e ganha envelope cheio de presentes de Pyongyang

    CC0
    Sociedade
    URL curta
    2221

    Um entusiasta de rádio da Irlanda do Norte, Reino Unido, conseguiu sintonizar a estação de rádio norte-coreana estatal, chamada Voz da Coreia, comunica Daily Mail.

    Poucos sabem que pessoas afortunadas conseguem receber sinais diretamente da Coreia do Norte. É difícil, levando em consideração que Pyongyang não tem tanto poder como, por exemplo, transmissores chineses, e algumas transmissões, às vezes, são abertamente bloqueadas.

    Depois de sintonizar, Jordan Heyburn, de 26 anos de idade, enviou um relatório à Coreia do Norte com a informação sobre o lugar e qualidade do sinal de rádio recebido.

    Heyburn disse ao jornal Daily Mail que "como e-mails são dificilmente monitorados na Coreia do Norte, eu decidi usar papel e caneta". O irlandês ficou ansioso, pois não sabia se sua carta endereçada à Coreia do Norte seria aceita pelo correio. "A funcionária do correio nem olhou duas vezes, ela só disse ‘não vemos com frequência cartas endereçadas para Pyongyang' e isso foi tudo."

    Mesmo tendo conseguido enviar a correspondência, o irlandês entendia as chances de nunca receber resposta do país mais fechado do mundo. Mas, para sua surpresa, a resposta foi melhor do que esperava: um envelope cheio de presentes, contendo jornais e revistas norte-coreanos, um livro sobre Kim Jong-il e até o horário de programas para transmissões inglesas. Além disso, conforme a tradição, no pacote tinha um código QSL, que é geralmente enviado em reconhecimento de contato de rádio pela estação de radiodifusão.

    Uma nota pessoal é provavelmente a coisa mais curiosa de todo o pacote, visto que a estação de rádio respondeu às dúvidas do irlandês sobre as condições climáticas da capital norte-coreana. Os comentários foram muito além, e funcionários escreveram que nessa época do ano o alcance da estação de ondas curtas diminui, mas no caso da Voz da Coreia é completamente o contrário. Além disso, perguntaram se o site da estação era visível na região do irlandês e transmitiram cordiais saudações para sua família.

    "Em uma manhã eu estava sentado na minha escada atando meus sapatos quando este grande envelope marrom caiu na nossa porta com um carimbo dizendo Pyongyang", detalhou Heyburn a repórteres. "Eu literalmente estava com um grande sorriso no meu rosto dizendo ‘ele realmente chegou, uau!'. Eu o abri o mais cuidadosamente possível para preservar o grande envelope, mas, ao mesmo tempo, estava realmente ansioso para abri-lo".

    De acordo com Daily Mail, este irlandês recebeu mais rapidamente resposta norte-coreana do que muitos diplomatas e líderes mundiais sobre questões urgentes, que muitas vezes nem recebem um "Oi" da Coreia do Norte.

    Mais:

    Trump critica China e indica que Pequim estaria atrapalhando relação com a Coreia do Norte
    Japão e Coreia do Norte realizam negociações secretas no Vietnã, não avisando EUA
    China tem esperança de que Coreia do Norte e EUA mantenham diálogo
    Análise: Trump aposta na vulnerabilidade da Coreia do Norte ao atrasar negociações de paz
    Tags:
    transmissão, presentes, envelope, rádio, Pyongyang, Irlanda do Norte, Coreia do Norte
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik