01:28 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Sociedade
    URL curta
    31517
    Nos siga no

    Antes da final do concurso Miss Bumbum 2017, Érika Canella deu uma entrevista exclusiva à Sputnik Mundo, em que falou sobre homens, racismo, carreira e, claro, sobre sua antecessora, Suzy Cortez.

    A mulher tem a pele cor de canele e leva o mesmo sobrenome. "As pessoas pensam que é meu nome artístico e tenho sempre que mostrar minha identidade. Chamo-me na verdade Érika Canela", contou à Sputnik Mundo a Miss Bumbum 2016. No entanto, a brasileira adotou Canella com "L" duplo com fins artísticos. 

    Pronta para se despedir do título que lhe trouxe fama, a modelo de 26 anos anunciou que deixará a carreira para estudar medicina. 

    "Estou feliz por ter ganhado o título de Miss Bumbum, algo que superou minhas expectativas […] Antes de ganhar o concurso, já dizia que seria minha despedida como modelo", ressaltou.

    Renovando o bronzeado com ótimas companhias 🌞

    Публикация от Miss bumbum Brasil 2016 (@erikacanella) Сен 9 2017 в 12:49 PDT

    A morena se considera um "retrato do Brasil" devido a uma imagem do país no exterior ligada ao carnaval. "Olham para mim e dizem Brasil", comentou.

    Apesar de estar contente com o êxito de sua carreira, Canella lamenta o aspecto negativo da fama. "Hoje vejo que muitos homens me querem por interesse, para se gabar que estiveram com a Miss Bumbum", lamentou. Continuando o tópico, a modelo falou também sobre suas preferências físicas.

    "Gosto de negros, são os primeiros que eu noto em uma multidão. Ao mesmo tempo, um branco que é bom em bater papo também tem chances. Sou exigente, gosto de pessoas inteligentes", assegurou ela sorrindo.

    Canella é morena, mas se sente negra de pele e alma. A brasileira também denunciou o racismo sofrido por ela. 

    "Sofri todo tipo de preconceito por ser negra. Desde sempre. No Brasil, um negro com um carro é traficante ou jogador de futebol", afirmou ela.

    Quanto aos homens que a querem, a modelo afirmou estar acostumada a "propostas indecentes", mas reconheceu que aprendeu a ser mais "educada" para lidar com o assunto. "É que sou muito brava", alertou a musa. 

    Enquanto houver vontade de lutar haverá esperança de vencer ✌🏽👊🏽 @santiago_paulo_

    Публикация от Miss bumbum Brasil 2016 (@erikacanella) Сен 26 2017 в 1:21 PDT

    Tão brava que uma vez negou um convite do jogador português, Cristiano Ronaldo. Segundo ela, o jogador de futebol famoso escreveu para ela no Instagram e eles marcaram de sair, mas não deu certo.

    "Ele me disse que teria apenas 15 minutos para me ver e eu fiquei brava. Pedi ao motorista que me levasse de volta para meu hotel. Depois ele [Ronaldo] me pediu desculpas", afirmou a brasileira. 

    Outro episódio polêmico da Miss Bumbum tem a ver com sua tatuagem do rosto de Donald Trump, que ela fez quando ele ainda era candidato à presidência dos EUA. Dada a reação negativa do publico, Canella acabou tirando o desenho de sue pele. 

    Hoje foi dia de fotografar 📸com ele @jorgebeirigo para @baraodojeans 👖❤️

    Публикация от Miss bumbum Brasil 2016 (@erikacanella) Сен 24 2017 в 12:51 PDT

    "Está fazendo coisas ruins, mas tem carisma. Eu me decepcionei com ele, no entanto, tirei a tatuagem porque até ameaças recebi, além de muitos insultos", disse a modelo. 

    Falando das redes sociais e Instagram, a modelo se surpreendeu ao saber que tem tantos fãs na Rússia, "nesse país gelado". 

    "Gosto do calor e estar vestida com roupa curta […] Se conseguir ir à Copa do Mundo [de 2018], mesmo que seja verão, sem dúvidas estarei bem vestida", comentou. 

    Se Canella conseguir ir à Copa do Mundo de 2018 na Rússia, talvez se encontre com outra Miss Bumbum, a emblemática Suzy Cortez, sua antecessora no concurso. 

    "Nunca tivemos a oportunidade de fazer um ensaio fotográfico por causa da agenda. Suzy é um amor de pessoa", opinou. Seus fãs estão ansiosos por este encontro.

    Mais:

    Miss Bumbum brasileira escolhe equipe preferida na Copa das Confederações (FOTOS, VÍDEO)
    Miss Bumbum brasileira assistirá à Copa do Mundo na Rússia e acredita na seleção russa
    Tags:
    concurso de beleza, Miss Bumbum, vida, modelo, segredos, Donald Trump, Cristiano Ronaldo, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar