20:41 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Homem e mulher na cama

    Quando há desconfiança, há culpa no cartório: quem detecta antes a infidelidade?

    © Foto: Pixabay
    Sociedade
    URL curta
    0 20

    As suspeitas de infidelidade são quase tão duras quanto a descoberta da traição. Mas a probabilidade de que os piores pressentimentos se tornem verdadeiros, é mais alto em mulheres, revela o site Indy100.

    Uma pesquisa realizada pelo portal Illicit Encounters, maior site britânico dedicado a questões extraconjugais, aponta que 79% das mulheres e 49% dos homens "adivinham" que seu parceiro está enganando.

    Além disso, o portal conclui que mulheres têm suspeitas duas vezes mais frequentes de infidelidade do que o sexo masculino. Ao contrário, maridos são mais propensos a contratar investigador a fim de vigiar todos os passos dados por suas esposas.

    Por incrível que pareça, tanto homens, como mulheres, demonstraram quase o mesmo índice em admitir ou negar infidelidade durante discussão – 85% contra 82%, respectivamente.

    O representante do portal Illicit Encounters, Christian Grant, destaca que mulheres confiam mais na sua intuição:

    "Se você suspeita que esteja sendo enganado pelo seu, por mais leves que sejam as suspeitas, vale a pena confiar em seu pressentimento", aconselha o site.

    Diferentemente de mulheres, intuição não serve de grande ajuda para homens por estarem completamente inconscientes que sua esposa pode estar enganando.

    Mais:

    'Amor, paz e beleza': Miss Internacional 2016 já foi escolhida
    Tags:
    suspeita, esposa, sexo, pesquisa, mulher, homem
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik