19:12 25 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    O jogo Pokémon Go

    Detido francês que apanhava pokémons em base militar

    © REUTERS/ Chris Helgren
    Sociedade
    URL curta
    0 29711

    A polícia da Indonésia deteve, por algumas horas, um francês que havia entrado ilegalmente no território de um complexo militar na cidade indonésia de Cirebon jogando o popular aplicativo Pokemon Go.

    As informações respetivas foram dadas pela agência Associated Press.

    Segundo o representante da polícia da província de Java Ocidental, Yusri Yunus, Romain Pierre, de 27 anos, fugiu dos seguranças do complexo militar quando eles tentaram interpelá-lo. A polícia deteve o francês, mas o soltou dentro de algumas horas porque "ele entrou no complexo involuntariamente quando estava caçando pokémons durante a corrida". Segundo a polícia, o francês trabalha em Jacarta e estava em Cirebon temporariamente.

    Pokemon GO é um aplicativo gratuito baseado na tecnologia de "realidade aumentada" – os mundos digital e real se unem, porque a imagem que aparece na tela do smartphone é projetada em um local do mundo real, e nós a vemos como se estivéssemos tirando fotos ou filmando. Um dos principais objetivos do jogo – caça ao pokémon (Pocket Monster – "monstro de bolso") — fez muitas pessoas, completamente absorvidas neste processo, a saírem às ruas, parques e praias.

    Mais:

    Americano atira contra adolescentes por jogarem Pokémon Go
    Será que Pokémon GO é uma arma dos terroristas?
    Tags:
    aplicativo, jogo, smartphone, Pokémon Go, base militar, Associated Press, Jacarta, Java, Indonésia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik